Gerenciamento de máquinas CNC por bluetooth

Transmissão de dados através de rede de pequeno alcance é uma solução para economia de tempo e a quantidade de cabos

A conexão de rede sem fio é cada vez mais comum, e tem facilitado o acesso à rede mundial de computadores em todo mundo. Hoje, em qualquer café é possível conectar-se à internet e resolver pendências do trabalho, mandar e-mails, fazer videoconferências. Em caso de pequenas distâncias, a transmissão pode se restringir a pequenas redes, através do Bluetooth, tecnologia que está ganhando espaço na indústria para gerenciamento de máquinas CNC.

A empresa CTL trabalha há 15 anos com transmissão de dados dentro da indústria e há três, comercializa a transmissão via Bluetooth. “Ainda consideramos o produto como uma novidade, porque a maioria das indústrias só conhece a solução a cabo”, comenta o Humberto Belaude, do departamento comercial. Três anos é o tempo que a Max Precision utiliza o sistema e, de acordo com o supervisor de CNC, Ed Carlos Feltrin, tem agilizado os processos dentro da indústria. “Antigamente, para passar algum programa para a máquina, puxava um cabo, conectava na máquina e aí precisava acertar a máquina para receber, ir até o computador para dar o sinal, voltar para a máquina para acertar o sinal e novamente voltar para o computador para liberar o programa. Hoje o sistema fica aberto no computador e quando preciso de algum programa, levo somente o aparelho do Bluetooth, conecto na máquina e recebo ou envio quantos programas precisar sem ter que ir até o computador”, conta.

O sistema pode conectar até 255 máquinas e a velocidade de até 460 kbps e a uma distância de 100 metros. Não há necessidade de um operador no microcomputador para transferência de dados e uma vez que o sistema é instalado, não é necessária uma operadora, e as manutenções podem ser feitas por telefone.

 

 




Comentários