Brasilplast reúne toda a cadeia do setor de plástico

Principal evento do setor na América Latina, a Brasilplast 2011 - 13ª Feira Internacional da Indústria do Plástico, será realizada de 9 a 13 de maio, no Pavilhão de Exposições do Anhembi, em São Paulo. O evento espera reunir 1,3 mil expositores, de 63 países, em 78 mil m² de exposição e receber 65 mil visitantes qualificados.

"Temos uma expectativa bastante positiva para a Brasilplast 2011, uma vez que se trata de um evento consolidado e aceito pelo setor, seja por parte de expositores e compradores", comenta Liliane Bortoluci, Diretora de Feiras da promotora, a Reed Exhibitions Alacantara Machado.

Os expositores apontam que prospectar novos clientes é o principal objetivo da feira, além de promover produtos/serviços ou a própria marca, apresentar lançamentos, ter um canal a mais de distribuição e prospectar clientes latino-americanos, representar o setor nos assuntos relativos ao meio ambiente e todas as questões mensuradas anteriormente. A expectativa de negócios a serem realizadas na feira também é boa: 19% dos entrevistados apostam num incremento entre 10% e 20% nos negócios, outros 16% dos que responderam a pesquisa esperam um acréscimo de 21% a 50% nos negócios.

Entre os visitantes, as razões que os levam a visitar o evento estão: conhecer as tendências da indústria, ver novos produtos, procurar novos fornecedores, encontrar os atuais parceiros/fornecedores, manter o relacionamento com os colegas do mercado e encontrar expositores internacionais.

Na Brasilplast 2011, os visitantes encontrarão todo o ciclo da indústria do plástico, desde a matéria-prima até máquinas e equipamentos de grande porte, passando por diversos processos de produção, conhecendo assim as tendências tecnológicas visando a preservação do meio ambiente e o produto final. O evento tem o apoio da ABIPLAST (Associação Brasileira da Indústria do Plástico), da ABIMAQ (Associação Brasileira de Máquinas e Equipamentos), do SIRESP (Sindicato das Indústrias de Resinas Sintéticas do Estado de São Paulo) e da ABIQUIM (Associação Brasileira da Indústria Química).

A indústria plástica brasileira
O perfil da indústria brasileira de transformação de material plástico, segundo dados da Abiplast, aponta que em 2008 o Brasil dispunha de 11,5 mil empresas, das quais 94,2% são de micro e pequeno porte, sendo que 85% delas encontram-se nas regiões sudeste e sul.

Em 2009, o setor de transformação do plástico foi da ordem R$ 35,9 bilhões (US$ 18 bilhões). As exportações atingiram 280 mil toneladas (US$ 1,8 bilhão), sendo os principais destinos Argentina (26%), Estados Unidos (16%), Chile (7%), Paraguai (5%) e Venezuela (5%). As importações foram de 469 mil toneladas (US$ 2,1 bilhões), de países como China (25%), Argentina (15%), Uruguai (15%), Estados Unidos (9%) e Paraguai (4%).

Tópicos:



Comentários