A importância dos componentes pneumáticos

Atualmente estes dispositivos são responsáveis pela produção da maioria das empresas

Grandes, médias ou pequenas empresas, a presença das aplicações da automação, seja pneumática, hidráulica ou qualquer forma que use comandos da mecatrônica, é bastante ampla em todos os setores. É comum ver a mecanização de tarefas manuais, a automação ou semi-automação de máquinas dos mais diversos tipos, a construção de dispositivos que executam automaticamente sequências operacionais simples ou mais complexas, tudo isto facilmente integrado à microeletrônica e à informática.

Sensores, transmissores de pressão, de temperatura, válvulas solenóides, sinalizadores, alarmes, lâmpadas , Controladores Lógicos Programáveis (CLP’s), são componentes de campo que superam suas próprias perspectivas. De um simples projeto - o de abrir e fechar uma porta, até o mais sofisticado computador que comanda todos os controles de uma nave espacial, a eletrônica se faz presente, oferecendo segurança e confiabilidade.

Atualmente, se uma empresa insiste em não utilizar recursos de computadores para a execução de tarefas é muito provável que ela não se torne suficientemente competitiva e acabe perdendo espaço no mercado. As máquinas podem ser usadas para controle de estoque, de vendas, de produção, análise dimensional de peças, controles estatísticos, projetos, entre outros serviços.

Na linha de produção inúmeros comandos são responsáveis por alimentar, posicionar, fixar, expulsar; separar, girar, contar, dosar, ordenar; imergir, elevar; alimentar fitas com avanços compassados; cuidar de unidades de avanço giratório passo-a-passo; entre outras aplicações.

Na área da automação pneumática, a eletrônica é essencial para elaborar dispositivos - até é possível fazer sem a eletrônica mas a confiabilidade operacional dos equipamentos serão muito baixa, pois os recursos de aplicação são limitados.

Uma máquina complexa, por exemplo, responsável por 60% da produção (de alta responsabilidade), cujo investimento para a empresa foi bastante representativo, e por qualquer motivo esta máquina parar, por falha de algum componente pneumático, será prejuízo para a empresa, gerando atrasos na produção, em seus compromissos de entregas e no seu faturamento.

Estatísticas mostram que uma máquina parada por razões de manutenção/reparos, ou mesmo para troca de um simples componente, representa para a empresa a perda de R$ 10 mil/hora, aproximadamente, dependendo do tipo de máquina e dos componentes instalados.

Por isso, a instalação de uma máquina é muito importante. Um instalador com conhecimentos na área vai cuidar de certos aspectos, como verificar o local da instalação, se existe neste local ponto de ar comprimido, ler as especificações técnicas do manual quanto a pressão de operação (máxima e mínima), sistemas de filtragem do ar comprimido, temperatura ambiente, se este equipamento necessita ser instalado em salas climatizadas, se a máquina opera com ou sem lubrificação, especificar o óleo confiável, entre outras notas importantes.

O alerta está voltado para o usuário final, ou mesmo para os projetistas que deverão especificar e exigir do fabricante, seja ele nacional ou mesmo de produtos e máquinas importadas, a garantia de seus componentes pneumáticos.

Tópicos:



Comentários