HI investe na modernização de processos

A Hurth Infer (HI), fabricante de brochas, cortadores shaving e ferramentas rotativas de corte, realiza, desde o final do ano passado, um programa de investimentos da ordem de R$ 5 milhões em máquinas e equipamentos. O objetivo é a modernização de seus processos de produção.

Segundo Aniello Milone, diretor administrativo da HI, “a decisão de colocar em andamento este programa de investimentos resulta de uma visão de longo prazo, com o objetivo de fortalecer a competitividade da empresa e ampliar sua capacidade tecnológica para enfrentar os desafios do futuro”.

Como parte do programa, a HI acaba de importar da Alemanha uma retífica de perfil Reform, modelo ZSM2000, primeira máquina desse tipo no Brasil, no valor de R$ 2,3 milhões. Com ela, a empresa passará a produzir brochas de perfil helicoidal. Até agora a produção desse tipo de brocha só era possível nos centros mais avançados, no exterior.

“Esta aquisição coloca a empresa no topo do ranking dos fabricantes do setor e representa um importante avanço tecnológico na fabricação de brochas no Brasil”, analisa Rafael Funaro, diretor industrial da HI.

Os produtos e serviços da HI destinam-se predominantemente ao setor de fabricação de engrenagens e peças para caixas de câmbio, caixas de direção e blocos de motores. “Nossa decisão de investir foi baseada no crescimento que o setor vem apresentando, tanto em volume de produção, como no contínuo aumento das exigências de qualidade e aprimoramento técnico”, afirma Milone.

Na continuidade dos investimentos planejados, a empresa está aprimorando seus processos de produção com a aquisição de afiadoras CNC Anca, retíficas centerless, centros de usinagem Wotam, retíficas cilíndricas CNC Zema e uma medidora tridimensional, para seu parque fabril de Sorocaba. Além disso, tem ainda a implantação de uma unidade de serviços na cidade de Cachoeirinha, no Rio Grande do Sul, para a prestação de serviços de recondicionamento de ferramentas rotativas de metal duro, brochas e cortadores shaving.

Tópicos:



Comentários