Morales antecipa ocupação simbólica de refinarias da Petrobras

Fonte: Folha Online - 14/05/07

O presidente da Bolívia, Evo Morales, antecipou neste sábado a ocupação simbólica de uma das duas refinarias recompradas esta semana da Petrobras, no processo de nacionalização que continuará com outras instalações estratégicas em mãos de companhias estrangeiras.

A cerimônia aconteceu na refinaria "Guillermo Elder Bell", em Santa Cruz de la Sierra, recomprada pelo governo boliviano após uma dura negociação encerrada na quinta-feira passada com um compromisso de pagamento de US$ 112 milhões.

O presidente boliviano destacou em seu discurso que o dia foi "histórico" porque "foram recuperados 100% das duas refinarias", privatizadas em 1999.

Morales ressaltou que a recompra das duas plantas é uma ação derivada da nacionalização dos hidrocarbonetos, efetuada o 1º de maio de 2006, medida que voltou a chamar de "um mandato do povo" para "dignificar e assentar soberania no país".

Ele afirmou que a estatal Yacimientos Petrolíferos Fiscales Bolivianos (YPFB) fará um investimento adicional para aumentar a capacidade de processamento das instalações e assegurar o abastecimento de carburantes ao mercado interno.

Segundo Morales, a nacionalização não só é uma medida política, mas também econômica, que se reflete em um crescimento substancial da receita pública boliviana com a exploração do gás natural, que passou de US$ 300 milhões para US$ 1,6 bilhão por ano, entre 2005 e 2007.
Tópicos:



Comentários