Indústria registra aumento de vendas, emprego e salários, diz CNI

Fonte: Folha Online - 09/05/07

A indústria de transformação apresentou no primeiro trimestre do ano dados que indicam a consolidação de um cenário favorável, com expansão das vendas, aumento do emprego e dos salários, segundo o boletim "Indicadores Industriais", divulgado nesta quarta-feira pela CNI (Confederação Nacional da Indústria).

O indicador das vendas reais do setor apresentou crescimento de 4% em março e de 4,1% no período de janeiro a março. "O desempenho positivo das vendas da indústria esteve concentrado em cinco setores: alimentos e bebidas; máquinas e equipamentos; produtos químicos; refino de petróleo; e metalurgia básica. Esses setores explicam quase 90% de todo o crescimento das vendas no primeiro trimestre de 2007", diz o documento.

Em relação ao nível de pessoal empregado na indústria, o crescimento foi de 3,8% em março e de 3,5% no trimestre. Já a remuneração paga a esses trabalhadores apresentou uma elevação, respectivamente, de 5,1% e de 6,4%. De acordo com a CNI, a expansão do emprego está sendo sustentada pelas contratações nos segmentos de alimentos e bebidas e refino de petróleo.

A utilização da capacidade instalada chegou em março a 81,7% (dado dessazonalizado), contra 79,9% no mesmo mês de 2006. Para a CNI, esse crescimento difere do registrado em 2004 por dois motivos: o ritmo de expansão está em 0,4 ponto percentual no trimestre, contra uma média de 1 ponto percentual em 2004. A outra razão é que o crescimento está agora concentrado em um número reduzido de setores.

Em 2004, quando o Banco Central iniciou um processo de elevação das taxas de juros, uma das justificativas da autoridade monetária foi a elevada utilização da capacidade instalada da indústria.
Tópicos:
     



Comentários