Braskem: Bear Stearns reduz a recomendação dos ADRs para peerperform

Fonte: InfoMoney - 08/05/07

SÃO PAULO - Após a divulgação dos resultados referentes ao primeiro trimestre de 2007, o banco de investimentos norte-americano Bear Stearns reduziu a recomendação dos ADRs da Braskem para peerperform - projeção de desempenho em linha com seus pares.

A instituição lembra que desde o anúncio de aquisição do Grupo Ipiranga, no dia 19 de março, os papéis da companhia avançaram cerca de 35% e se aproximaram do preço-alvo estabelecido pelo banco de US$ 18,00, para dezembro de 2007.

Ebitda em linha

Quanto ao desempenho da petroquímica no trimestre, os analistas da instituição avaliam que o recuo de 15% do Ebitda (geração operacional de caixa) frente ao quarto trimestre de 2006, para US$ 205 milhões, ficou em linha com as expectativas.

Mesmo assim, em seu relatório diário, o Bear Stearns destaca que: "em razão da alta nos preços do petróleo ao longo do segundo trimestre e da depreciação do dólar frente ao real, reduzimos a projeção de Ebitda de 2007 em 6%, de US$ 1,234 bilhão para US$ 1,163 bilhão".



Comentários