Projeto ajudará motoristas a fazer baliza

Estudante da UFSC desenvolve Sistema Embarcado para Realizar Manobras de Estacionamento Assistido

Imagens: Divulgação

A baliza é uma das manobras mais difíceis, complicadas e trabalhosas  para a maioria dos motoristas. Se o espaço for reduzido, a dificuldade aumenta e muitos preferem buscar outras vagas a ter que fazer diversas ações e ainda correr o risco de bater em outro automóvel. A solução para este problema está perto de existir também para carros populares.

Um projeto da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), desenvolvido pelo estudante Daniel Lima, da 9ª fase do curso de  Engenharia de Controle e Automação, trabalha na criação de um Sistema Embarcado para Realizar Manobras de Estacionamento Assistido, sob orientação do professor Leandro Buss Becker, do Departamento de Automação e Sistemas.

Atualmente já existe um mecanismo de estacionamento automático em que o sistema tem controle total do veículo, mas ainda é uma tecnologia utilizada em pouquíssimos carros devido ao seu alto custo. Nesse tipo de sistema, muitas vezes o motorista chega a ser apenas  um mero observador da manobra.

A proposta de Lima tem uma aplicabilidade maior do que o método automático, pois requer equipamentos mais baratos e mais simples. No mecanismo que desenvolve, as instruções são visuais. Uma interface gráfica (como uma tela de GPS) mostra as orientações ao motorista e auxilia indicando a velocidade a ser mantida e a posição do volante.

Trajetória virtual
A partir do momento em que o estacionamento assistido for acionado pelo motorista, o sistema começa a procurar uma vaga adequada com a ajuda de sensores instalados no veículo. Encontrada a vaga, é gerada uma trajetória virtual. Com o auxílio de técnicas avançadas de controle, são indicados comandos para seguir e estacionar de forma adequada. Caso o motorista não consiga acompanhar as instruções, o sistema embarcado irá detectar o erro de percurso e gerar novas instruções.

O desafio do trabalho desenvolvido na UFSC é chegar a um sistema que seja viável para carros populares. O projeto se realiza em parceria montadora da Fiat. Quando o protótipo for finalizado, será instalado em um veículo que já está na universidade. A pesquisa sobre o estacionamento assistido começou em agosto de 2009.

Destaque da Iniciação Científica
O trabalho resultou para Daniel Lima o prêmio Destaque da Iniciação Científica 2009. O reconhecimento foi concedido a seis jovens pesquisadores pela qualidade do projeto apresentado no 19º Seminário de Iniciação Científica da UFSC, realizado nos dias 21 e 22 de outubro do ano passado. O evento é realizado para avaliação dos trabalhos de estudantes de graduação com bolsas de iniciação científica, um instrumento que permite introduzir universitários na pesquisa e estimula o aprendizado do método científico.

Tópicos:



Comentários