Inarmeg vai lançar novos equipamentos têxteis

Foto: Divulgação

A Inarmeg Redutores e Máquinas, empresa do setor metal-mecânico de Timbó/SC, pretende impulsionar o crescimento da empresa com a comercialização de dois novos equipamentos de alta produtividade para a indústria têxtil. O lançamento oficial dos dois produtos será na Febratex 2010, em Blumenau.

Primeiro equipamento de costura longitudinal de fabricação nacional, a Sewing Speed 1500 é voltado ao segmento têxtil de cama/mesa/banho. De alta produtividade, alia segurança, velocidade, versatilidade e precisão em um equipamento compacto e robusto. Garante alta performance no alinhamento, corte de arestas, formação de bainha, costura e dobra.

A Cutting Speed 1000 é um equipamento inédito no mercado têxtil mundial, para corte transversal. Sua inteligência produtiva alia velocidade, segurança e precisão, permitindo um ganho de produtividade em torno de 40%. Outro diferencial da máquina é o seu design ergonômico, que reduz os riscos de lesões por esforço repetitivo, o que amplia o bem estar dos funcionários e diminui as perdas ocasionadas por faltas ao trabalho.

A expectativa da empresa é de que os novos lançamentos estimulem o crescimento da empresa em 30% este ano.

A empresa
A Inarmeg foi fundada há 36 anos, em Timbó, como fabricante de máquinas especiais e prestação de serviços de usinagem e mão de obra e mais recentemente se especializou também na fabricação de redutores e moto-redutores de velocidade. Para este último segmento a empresa espera atingir ainda este ano a produção de três mil peças/mês e passar a atender também o mercado externo, através de negócios com a Argentina, Venezuela, Bolívia e Chile.

Atualmente, a linha de produção está diversificada. A divisão de acionamentos (redutores e acoplamentos) atende  diversos setores industriais no fornecimento de peças novas e no conserto e fabricação de redutores especiais (metal mecânico, madeireiro, têxtil, alimentício, metalúrgico, siderúrgico, entre outros). A empresa também presta serviços para manutenção de máquinas e equipamentos nacionais e importados, na confecção e nacionalização de peças industriais, entre outras atuações.

Tópicos:



Comentários