Caminhão elétrico é alternativa para cooperativas

Novidade surgiu de parceria entre Itaipu e Fiat. É uma alternativa ecológica e sustentável para cooperativas e grandes propriedades

Foto: Divulgação

Caminhão ElétricoO biodigestor move o gerador de energia que move o caminhão. Isso acontece graças à parceria entre Itaipu e Fiat que criou o primeiro caminhão elétrico comercialmente viável no Brasil. Sem a necessidade de combustíveis fósseis, o veículo poderá operar em propriedades rurais dentro de pouco tempo.

A novidade está exposta no estande da Itaipu no Show Rural Coopavel, no Paraná. O caminhão elétrico é uma evolução do projeto do Palio elétrico, e foi especialmente concebido para ser utilizados por empresas e fazendas.

Podendo carregar até 2,5 toneladas, o veículo funciona com três baterias: cada uma pesa 165 quilos. As baterias levam oito horas para carregar, fazem o caminhão andar uma distância de até cem quilômetros e têm vida útil de mil ciclos completos de recarga. Seus componentes são totalmente recicláveis.

“O caminhão elétrico pode ser considerado uma alternativa 100% ecológica, pois não emite poluentes e utiliza energia limpa, de baixo custo e renovável, provenientes de energias hidrelétricas”, destaca Celso Novaes, coordenador brasileiro do projeto. Segundo ele, a ideia surgiu da utilização em cooperativas, mas o protótipo se enquadra perfeitamente na realidade de grandes propriedades, que produzem quantidade significativa de dejetos.




Comentários