Lucro da Vale deve crescer mais de 50%

Fonte: InfoMoney - 03/05/07

 Esperados pelo mercado com ansiedade, os resultados da Vale do Rio doce no primeiro trimestre de 2007 serão divulgados ainda nesta quinta-feira, mas apenas depois do fechamento do pregão. De forma geral, os analistas estão otimistas e projetam uma expressiva evolução do lucro líquido.

Na comparação com o desempenho da mineradora em igual período de 2006, os valores esperados são bem superiores "em função da consolidação das operações da CVRD e CVRD Inco", destacam os analistas do BB Investimentos.

Neste sentido, a Brascan Corretora ressalta que comparações entre o primeiro trimestre de 2006 e de 2007 "não são tão relevantes já que a compra da Inco, com seus impactos em vendas, custos e endividamento só foram sentidos (ainda que parcialmente) no último trimestre de 2006".

Confiras as projeções para 1º trimestre:


(em R$ milhões) Projeção 1T07* 1T06 Variação 4T06 Variação
Receita Líquida 16.588 7.965 +108,3% 16.322 +1,6%
Ebitda** 8.828 3.753 +135,2% 7.957 +10,9%
Lucro Líquido 5.110 2.184 +134,0% 3.368 +51,7%
*Média da projeção dos analitas da Ágora, BB Investimentos e Brascan
**Lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização


Sendo assim, na passagem trimestral os analistas da Ágora esperam um aumento do volume de vendas de minério de ferro e níquel, de maneira que o faturamento deve refletir principalmente o maior volume de vendas, a escalada do preço do níquel e (parcialmente) o reajuste do preço do minério de ferro.

Como conseqüência, o Ebitda deverá seguir consistente e as margens poderão melhorar. Por fim, refletindo a melhora operacional e a não incidência de gastos extraordinários tais como os verificados no final do ano passado, o lucro da Vale deve experimentar expressiva evolução.

Ações esperam em alta
À espera da divulgação dos resultados, os papéis preferenciais classe A da Vale do Rio Doce operam em valorização de 0,91%, cotados a R$ 71,54, nesta quinta-feira.



Comentários