Produção industrial fecha 2009 com queda de 7,4%


A produção industrial brasileira encolheu 7,4% em 2009, a maior baixa desde 1990, quando o indicador cedeu 8,9%. O resultado significou uma mudança de mão em comparação com aquele registrado em 2008, de 3,1% de aumento.

Entre novembro e dezembro do ano passado, a atividade fabril declinou 0,3%, na série com ajuste sazonal. Perante o último mês de 2008, no entanto, houve avanço, de 18,9%, refletindo uma base de confrontação deprimida por causa dos efeitos da crise financeira internacional.

"Com a taxa de -0,3% de novembro para dezembro de 2009, o patamar da produção industrial voltou a um nível próximo ao de setembro de 2007", destacou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em nota.

Entre outubro e dezembro de 2009, o organismo apontou uma elevação de 5,8% na produção industrial, em relação aos mesmos três meses do exercício antecedente. Com esse resultado, foi observada uma inversão na sequência de quatro trimestres de taxas negativas nesse tipo de comparação.

Tópicos:



Comentários