Suzano Petroquímica lucra R$ 54,6 milhões

Fonte: InfoMoney - 02/05/07

A Suzano Petroquímica, líder latino-americana na produção de resinas de polipropileno, publicou nesta quarta-feira (02), antes da abertura do mercado, seus demonstrativos financeiros relativos ao primeiro trimestre deste ano. Dentre os números apresentados pela empresa, destaque para o forte crescimento de 580,9% no Ebitda (medida de geração de caixa) em comparação com os três primeiros meses de 2006.

Segundo a Suzano, seu lucro de R$ 54,6 milhões no primeiro trimestre de 2007, o melhor registro trimestral dos últimos anos, é "fruto da boa performance dos nossos negócios, da importante evolução dos resultados da Riopol, do resultado financeiro positivo favorecido pela apreciação do Real e ainda pelo impacto contábil favorável da apuração da fórmula de earn-out relativa à venda da Politeno".

Desempenho do primeiro trimestre na base pro forma

Tendo em vista que de janeiro a março de 2006 foram comercializadas 40,5 mil toneladas de polietilenos referentes à fase de pré-operação da Riopol, que não foram levadas a resultado, a empresa optou por divulgar seus números consolidados na base pro forma.


(em R$ milhões) 1T07 1T06 %
Receita Líquida 630,5 474,7 32,8%
Ebitda* 99,4 14,6 580,9%
Lucro Líquido 54,6 -28,4 -
*Lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização


No primeiro trimestre de 2007, a produção de polipropileno da Suzano foi de 137,8 mil toneladas, redução de 4,6% frente ao volume produzido no mesmo período do ano passado. As vendas totais de polipropileno da petroquímica nos três primeiros meses deste ano foram de 131,1 mil toneladas, representando uma ligeira queda de 0,9% em relação ao apurado entre janeiro e março de 2006.

Ações operam em alta nesta quarta-feira
Refletindo a percepção do mercado diante destes números, as ações preferenciais da Suzano Petroquímica operam em alta nesta quarta-feira, dia positivo também para o Ibovespa. Em 2007, a valorização acumulada por estes papéis está próxima dos 25%.



Comentários