Aproveitar a água da chuva

Sistema ambientalmente correto, Aqua Save reutiliza água que vem das calhas

Fotos: Divulgação

O reaproveitamento de água da chuva não ajuda apenas o meio ambiente mas também a diminuir contas no final do mês. São vários os usos: resfriar máquinas, lavar calçadas e carros, para descargas de banheiro, reservatório contra incêndio, irrigação de áreas verdes... Nos dias de chuva intensa, as cisternas podem funcionar como "buffers" ( áreas de contenção), diminuindo ou até evitando alagamentos e a sobrecarga da rede pluvial.



Existem vários sistemas que aproveitam a água da chuva para fins não potáveis. Um deles é o Acqua Save, que utiliza calhas e captadores de chuva,  que levam a água até a cisterna ou tanque subterrâneo, passando por um filtro que tira as folhas e as sujeiras maiores. Estocada no abrigo e longe da luz e do calor, a água se mantém livre de bactérias e algas. Outra parte do sistema então suga a água armazenada de pontos logo abaixo da superfície, para não movimentar eventuais resíduos.

Antes da instalação de um sistema como esse, deve ser feito um estudo dos índices pluviométricos da região, da capacidade de captação do telhado e do tamanho ideal da cisterna de armazenamento. No caso do Aqua Save, baseado nesses cálculos, é dimensionado o equipamento, composto basicamente de um filtro (retira folhas e outros detritos), um freio d´água (tira a pressão da água, que assim não revolve a sedimentação do fundo da cisterna), conjunto flutuante (faz com que sempre a água mais limpa seja bombeada para a caixa d'água) e o sifão-ladrão (retira as impurezas da superfície da água, bloqueia odores vindos da galeria e impede a entrada de roedores).


Veja aqui como funciona o Aqua Save.

A manutenção do equipamento é simples. Basicamente, consiste em fazer de duas a quatro vistorias anuais no filtro. Para tanto, basta abrir a tampa do filtro, puxar o miolo, feito em aço inox, e verificar se a tela está suja. Depois basta soltar dois parafusos e lavar a tela com água.




Comentários