Pipas para gerar energia eólica

Instaladas em 800m de diâmetro, elas geram a mesma quantidade de energia de 150 turbinas eólicas que precisam de 40km² de extensão

Fotos: Divulgação



A empresa italiana Kitegen planeja utilizar a força dos ventos de uma maneira não convencional para gerar energia elétrica. Vai reduzir os custos e simplificar o processo de obtenção de energia renovável utilizando pipas que voam entre 800 e 1000 metros de altitude.

Os movimentos das pipas são controlados automaticamente por um computador. As pipas, através de cabos, são ancoradas a uma estrutura que rotaciona gerando eletricidade a cada momento que a força dos ventos puxa e retrai o cabo. Esta estrutura é parecida com a turbina de alta altitude, só que as pás da turbina, são substituídas pelas as pipas.

Agora vamos para os dados de eficiência que são muito interessantes. Segundo a empresa, a instalação das pipas em uma área de 800m de diâmetro são suficientes para gerar a mesma quantidade de energia de 150 turbinas eólicas que necessitam de 40km² de extensão para gerar esta quantidade de energia.

O modelo carrossel que possui várias pipas em uma mesma unidade, estima-se que pode gerar 100 MW de energia por menos de 0.03 euros por kilowatt hora, um custo menor que o dos combustíveis fósseis que temos hoje.

Em Junho de 2006 o projeto foi selecionado pelo governo italiano para receber financiamento, mas o mesmo recebeu uma prioridade menor que outros projetos. Já em 2008 o projeto foi selecionado pela União Européia e deve receber recursos de 3 milhões de euros para instalar várias estruturas.

A primeira instalação comercial do projeto é um gerador de 3MW sendo instalando perto de  Asti, Itália. Os testes começaram em setembro e em breve deve entrar em operação.

Para assistir ao vídeo que explica o processo no Youtube, clique aqui.




Comentários