Comprar de pequenas reduz custos e gera empregos

Fotos: Divulgação

"Para cada R$ 1 bilhão comprado das micro e pequenas empresas, criamos, em média, 7,5 mil empregos. No ano passado, essas empresas geraram uma economia de mais de R$ 400 milhões para o Estado".

Os números foram citados pelo secretário de Logística e Tecnologia da Informação do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão, Rogério Santanna, ao falar da importância da participação desses negócios nas compras governamentais.

Santanna participou do II Encontro Nacional de Oportunidades para as Micro e Pequenas Empresas nas Compras Governamentais, realizado de segunda-feira (5) a quarta-feira (7) no Rio de Janeiro.

O capítulo V da Lei Geral da Micro e Pequena Empresa possibilita maior participação do segmento nas compras públicas. Esse capítulo da lei está regulamentado pelo governo federal e por 13 estados, mas em apenas 15,24% dos 5.563 municípios.

No encontro, Santanna rebateu a idéia de que comprar dos pequenos negócios pode significar prejuízos à administração pública e incentivou a regulamentação e prática da lei. "É mais barato, mais eficiente, mantém e gera mais empregos", garantiu.

Tópicos:



Comentários