Olimpíadas 2016 no Rio animam a indústria

Foto: Divulgação

O Rio de Janeiro foi escolhido para sediar as Olimpíadas de 2016. O anúncio foi feito nesta sexta-feira pelo presidente do Comitê Olímpico Internacional (COI), Jacques Rogge, em Copenhague, na Dinamarca. Será a primeira vez que uma cidade da América do Sul vai receber os Jogos Olímpicos.

O Rio concorreu com Madri (Espanha), na disputa final. Chicago (Estados Unidos) e Tóquio (Japão) foram as primeiras cidades eliminadas.

O anúncio das Olimpíadas de 2016 no Rio de Janeiro animou o setor de indústria pesada. O presidente da Associação Brasileira da Infra-estrutura e Indústrias de Base (Abdib), Paulo Godoy, avaliou que juntamente com o pré-sal e a Copa do Mundo de 2014, os Jogos Olímpicos no Rio colocam o Brasil em um novo patamar na rota de negócios internacionais.

Godoy avalia que, na soma, o Brasil tem uma perspectiva concreta de atrair bilhões em investimentos e, com isso, gerar negócios, empregos e renda.

A Federação das Indústria do Estado do Rio de Janeiro (Firjan) lembra que o documento Decisão Rio, do Sistema Firjan, prevê R$ 126,3 bilhões em investimentos públicos e privados para o estado no período 2010-2012.

Tópicos:
  



Comentários