Edital oferece R$ 26 milhões para contratar pesquisadores


O Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) está oferecendo R$ 26 milhões para apoio à contratação de recursos humanos para projetos de inovação por meio do edital Recursos Humanos para Atividades Estratégicas (RHAE). A informação é do coordenador do edital, Cimei Borges Teixeira, e foi passada na quarta-feira, 22 de julho, em Curitiba, durante o “Fórum de estímulo à inovação empresarial”, promovido pelo Instituto Euvaldo Lodi e o Serviço Nacional de Aprendizagem do Paraná (Senai/PR).

“A inovação é uma garantia de aumento de competitividade e sustentabilidade para as empresas, porém envolve custos e recursos. Daí a importância de se candidatar a receber incentivos”, afirmou o diretor de inovação da Federação das Indústrias do Estado do Paraná (Fiep), Ronald Dauscha, na abertura do evento.

“O objetivo do Edital RHAE é estimular a inserção de mestres e doutores em micro, pequenas e médias empresas para o desenvolvimento de atividades de pesquisa científica, tecnológica e de inovação”, informou Teixeira.

As propostas dos projetos devem abordar os setores industriais. “Serão aceitas propostas de desenvolvimento tecnológico de produtos ou processos que visem o aumento da competitividade, adensamento tecnológico e dinamização das cadeias produtivas, gastos empresariais com atividades de pesquisa e desenvolvimento tecnológico, atendimento à relevância regional e cooperação com instituições científicas e tecnológicas”, complementou.

Os projetos serão contemplados com o valor máximo de R$ 300 mil, sendo que a empresa deverá ter uma contrapartida mínima de 20% do valor disponibilizado. “Condições mínimas para o desenvolvimento do projeto, como investimentos em equipamentos, ajuda de custo e hospedagem para o pesquisador, são algumas contrapartidas praticáveis”, exemplificou Teixeira. As bolsas dos pesquisadores variam de R$ 2,2 mil a R$ 4,5 mil, de acordo com a formação. Os projetos devem ser realizados no máximo em 24 meses.

Desde que foi criado, em 2002, o edital RHAE já financiou projetos de mais de 700 empresas. Somente em 2007, foram 131 projetos, 93 doutores e 112 mestres inseridos em diversas áreas industriais. Empresas e pesquisadores interessados em participar do Edital Rhae 2008 podem inscrever seus projetos e currículos profissionais no site www.cnpq.br, até 30 de agosto.

O Programa Antena ABG, foi apresentado pelo superintendente do IEL/PR, Rodrigo Weber. O programa é fruto da parceria entre o IEL/PR e o Senai/PR, com a Associação Bernard Gregory (ABG), da França. A ABG atua há mais de 25 anos na aproximação e inserção de doutores nas empresas. “A parceria concedeu às duas instituições o direito de representar a ABG no Brasil, iniciando o trabalho de colocação de doutores franceses e brasileiros em empresas”, disse Weber.

Durante o evento, Cesar Eduardo Belinatti, diretor de pesquisa e desenvolvimento da Angelus Ciência e Tecnologia, de Londrina, falou sobre o êxito da empresa em editais que prevêem fomento para inovação. O Fórum contou com a participação de cerca de 70 empresários e foi transmitido via videoconferência para os municípios de Cascavel, Londrina e Ponta Grossa.
Tópicos:
  



Comentários