GM oficializa aporte de US$ 1 bi no Brasil até 2012

Foto: Divulgação

Em encontro com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o presidente da General Motors do Brasil (GMB), Jaime Ardila, confirmou o investimento de US$ 1 bilhão até 2012, montante que contribuirá para o desenvolvimento de novos modelos no País, pertencentes à família "Viva".

Os aportes serão direcionados à ampliação da fábrica da montadora em Gravataí, no Rio Grande do Sul, onde a empresa já produz os modelos Celta e Prisma. O objetivo é que com o investimento, dois novos carros comecem a ser fabricados na unidade. Segundo Ardila, a capacidade da planta gaúcha passará de 230 mil veículos anuais para 380 mil.

O investimento anunciado, por outro lado, já havia sido informado pelo próprio presidente da GMB. Jaime Ardila já tinha comunicado que seria necessário outro US$ 1 bilhão ao aporte anunciado anteriormente de US$ 1,5 bilhão.

Do total, 50% do caixa próprio da empresa, enquanto 30% serão financiados pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). Já os 20% restantes pelo Banco do Estado do Rio Grande do Sul.

Modelos
O presidente mundial do grupo Renault, Carlos Ghosn, afirmou que a montadora francesa também pretende desenvolver um carro exclusivamente para o mercado brasileiro, com objetivo de aumentar o market share da empresa dos atuais 5% para 10%. Sem estabelecer prazos, o executivo afirmou que a Renault irá desenvolver carros mais populares.

Em consonância com o crescimento do setor no Brasil, a fábrica de motores da Fiat, em Campo Largo (PR) deverá ser inaugurada em novembro.
Tópicos:



Comentários