Pós-doutorado em engenharia aeroespacial

Foto: Divulgação
O Projeto Temático “Compósitos estruturais à base de resina epóxi com dispersão de nanotubos de carbono de múltiplas paredes”, apoiado pela FAPESP, está com processo de seleção aberto para uma vaga de pós-doutoramento.

A vaga é destinada a atuação na área de compósitos estruturais com nanotubos de carbono em engenharia espacial. Segundo os responsáveis pelo projeto, a aplicação de nanotubos de carbono em compósitos estruturais busca obter avanços significativos em termos de aumento das suas propriedades mecânicas, térmicas e de condutividade elétrica. “Embora as propriedades individuais dos nanotubos de carbono sejam extremas, tem havido dificuldade em transferir tais propriedades para os compósitos”, apontam.

O estudo busca solução para esses problemas a partir da produção de nanotubos de carbono de múltiplas paredes (MWCNT) específicos, com variação de comprimento, qualidade estrutural e teor de impurezas de ferro.

O estudo envolverá a funcionalização e dispersão dos MWCNT em resina epóxi, aplicação em compósitos de fibra de carbono através de RTM (Resin Tranfer Moulding) e caracterização mecânica dos corpos de prova.

A produção dos nanotubos de carbono, sua funcionalização e dispersão serão realizadas no Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe). O processo de RTM e caracterização mecânica serão realizados em cooperação com o Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA) e com a Universidade Estadual Paulista em Guaratinguetá.

O valor da Bolsa de Pós-Doutorado da FAPESP é de R$ 4.508,10.

Mais informações com Evaldo José Corat, coordenador do Projeto Temático, pelo e-mail corat@las.inpe.br

Outras vagas de bolsas de pós-doutorado, em diversas áreas do conhecimento, estão no site FAPESP-Oportunidades, em www.oportunidades.fapesp.br.

Tópicos:



Comentários