Aumento de vendas pós-FEIMAFE anima Deb’Maq

Expectativa é de um segundo semestre promissor para o setor de máquinas-ferramenta

Foto: Deb'Maq

Em relação à edição anterior da FEIMAFE - Feira Internacional de Máquinas-Ferramenta e Sistemas Integrados de Manufatura - realizada em 2007, a Deb’Maq registrou um aumento de 8% no número de negócios efetuados durante a feira. Em 2009 também ocorreu um crescimento significativo no número de pedidos após o evento, o que, segundo a empresa, aponta para uma possível retomada do setor. 

Apesar do clima de retração do mercado no pré-feira, o volume de negócios registrado pela empresa durante o evento, ainda que modesto, surpreendeu. “O resultado foi muito bom, porque o mercado estava aquecido em 2007. Em um momento de crise como este, no qual as pessoas estão preocupadas em segurar investimentos, achamos o resultado surpreendente”, comenta Mauro Trevisan, gerente de marketing da Deb’Maq.

O executivo ressalta ainda que a feira também rendeu muitos negócios a serem efetivados após o evento, o que aumentou consideravelmente o número de pedidos na carteira da empresa e acabou com o marasmo vivido no primeiro trimestre. “A qualidade das visitas que tivemos na FEIMAFE foi muito boa, de um nível nunca visto antes. Pessoas realmente interessadas em comprar máquinas de valor agregado. Efetuamos também muitos negócios pós-feira e ainda há possibilidade de concretizarmos outros nos próximos 60 dias. Isso deu um ânimo muito grande para nossa equipe de vendas. Para nós, é um sinal de que o mercado está retomando, saindo da crise, e cria expectativa para um segundo semestre muito mais promissor”, salienta Trevisan. 

As máquinas mais vendidas pela DEB’MAQ na FEIMAFE foram os tornos universais, os tornos CNC de barramento paralelo, fresadoras tipo ferramenteira e CNC e centros de usinagem. O novo torno CNC logic 195 III, fabricado pela Nardini e lançado no evento (foto), foi o campeão de vendas.



“Tivemos uma aceitação muito grande do novo Logic 195 III. Foi o nosso modelo mais vendido na FEIMAFE, com 28 unidades comercializadas e muitos negócios a serem efetuados”, afirma Trevisan. Dentre os negócios iniciados na feira e que devem ser efetuados nos próximos meses, a maioria é referente a máquinas de grande porte, como tornos verticais CNC, madrilhadoras e centros de torneamento.

Leia mais sobre a Deb'Maq aqui.
Tópicos:



Comentários