Autodesk investe em eventos para se aproximar do usuário

Empresa aproveita o contato pessoal com os clientes para apresentar novidades e upgrades

Foto: Divulgação

Este ano a Autodesk promoveu três encontros entre os usuários de seus produtos. As reuniões realizadas em São Paulo, Belo Horizonte e Rio de Janeiro não foram exatamente eventos de experimentação porque as pessoas que vão ao local já conhecem os produtos, mas estão em busca de novidades.

A idéia é discutir os desafios de projetar máquinas com outros usuários e com a Autodesk, que segundo Acir Martelato, diretor geral da empresa no Brasil, ainda tem muitos planos para ampliar o Users Meeting. “Além de atender mais cidades, uma de nossas idéias é deixar os usuários trazerem suas próprias experiências e projetos para o palco”, diz Martelato.

Para ele, algo que tem funcionado muito bem nos eventos da Autodesk é apresentar produtos adicionais que funcionam com a solução de Prototipagem Digital da empresa, como o InventorCAM. “O InvetorCAM é uma solução de CAM de terceiros, que funciona integrada ao Autodesk Inventor – e o Autodesk Moldflow, produto de simulação de injeção em plásticos que foi adquirido pela Autodesk no final do ano passado” diz Martelato.

Para incrementar os encontros de usuários, a empresa traz “evangelistas” internacionais dos produtos da empresa, como Jay Tedeschi, principal difusor da tecnologia da divisão de manufatura da Autodesk em todo o mundo, que veio pela segunda vez para o Brasil.

Em sua palestra Jay procura mostrar aos usuários do Inventor e de toda a solução de Prototipagem Digital como eles podem extrair o maior valor de seu tempo e de seu investimento em software.

Isso pode ser feito de várias maneiras, por exemplo:
  • Melhorar o gerenciamento de dados dos projetos;
  • Trabalhar com grandes montagens;
  • Analisar a resistência de conjuntos mecânicos complexos;
  • Integrar desenho de estilo, projetos mecânicos, elétricos e ferramentas de fabricação.

Como a tecnologia evolui muito rápido e novos recursos são agregados a cada versão, a oportunidade é importante para apresentar produtos aos usuários. Martelato conta que Tedeschi gosta de trazer novidades aguardadas pelos usuários. “O melhor momento é o do ‘uau’, quando os usuários veem um novo recurso ser executado, parece que estamos fazendo alguma mágica por meio do software”, diz Martelato. Segundo o diretor da Autodesk, ano passado foi assim com as ferramentas para conformação de chapas e este ano com os projetos e análises de moldes plásticos.

Inventor Fusion


O destaque entre os produtos apresentados ficou com o Inventor Fusion. O software foi criado para facilitar o trabalho dos clientes que possuem um ambiente CAD multi-formato, ou seja, que não utilizam softwares de um único fabricante. Praticamente todos os clientes da indústria apresentam este perfil, por uma questão de custo, pelo atendimento a diversos clientes, pela coordenação de projetos entre equipes de design, engenharia de produto, ferramentas, layout de fábrica etc. Desta forma, os arquivos de projetos precisam trafegar nessas empresas com ampla compatibilidade, entre diversos sistemas CAD. Nos sistemas paramétricos de projeto mecânico uma “árvore” contém o histórico de recursos e parametrizações adicionados no modelo durante o curso do projeto, o que torna a modelagem um pouco “burocrática”, já que é preciso “navegar” pela árvore para selecionar um recurso e alterá-lo.

“A tecnologia Inventor Fusion permite que os projetistas dispensem a árvore de histórico e recursos, de forma que o projetista possa editar o seu modelo clicando diretamente sobre a área da geometria que lhe interessa” explica Martelato. Um menu contextual guia o usuário pelas edições que aquela geometria específica permite, tornando a edição mais flexível, rápida e intuitiva. Além disso, no nível da geometria é possível trazer arquivos CAD de outros softwares, editar suas geometrias e então devolvê-los aos softwares originais sem a perda dos recursos.

Próximos eventos

Segundo Martelato, o próximo evento onde a Autodesk estará presente será a Feimafe. A emrpesa também vai realizar eventos nas regiões Sul e Sudeste, onde a busca das empresas por inovação e melhoria em produtos, aumento na produtividade e redução de custos nos projetos torna fundamental o conhecimento e o uso de tecnologias de ponta.

A Autodesk possui ao todo mais de 9 milhões de usuários de seus softwares. É a maior base de usuários CAD do mundo e mais de 800.000 deles já são usuários do Autodesk Inventor.



Comentários