Soldagem TIG: o custo é alto, a qualidade e a produtividade também


Também conhecida como soldagem Gas Tungsten Arc Welding (GTAW), a solda TIG foi desenvolvida para suprir a demanda por métodos de soldagem eficientes para materiais difíceis, como o alumínio e o magnésio. O nome vem do eletrodo utilizado na soldagem, o tungstênio.

O processo consiste na união de peças metálicas. Através de um arco elétrico entre um eletrodo de tungstênio não-consumível e as peças, ocorre o aquecimento e a fusão delas. Os elementos (o eletrodo, o arco e a poça de fusão da solda) ficam protegidos por uma atmosfera de gás inerte. É possível acrescentar metais diretamente à poça de fusão.

Adequado à soldagem de peças de pequena espessura, o processo tem custo relativamente alto, é lento, mas tem alta produtividade. Costuma ser escolhido quando a qualidade da solda é mais importante que os procedimentos de produção. A soldagem TIG é usada em indústrias nucleares, químicas, aeronáuticas e de alimentos.

A operação geralmente é realizada de forma manual, mas é fácil mecanizar do processo. Com a soldagem TIG, o soldador tem ótima visibilidade e segurança no trabalho. Além disso, ela deixa poucos resíduos e não requer limpeza.


 

Tópicos:
  



Comentários