Fiesp garante qualificação profissional a empresas

Foto: Divulgação

A Escola Senai Henrique Lupo, de Araraquara, vai garantir qualificação profissional de soldadores para a Iesa, empresa vencedora no processo licitatório para fornecimento de turbinas para as usinas de Jirau e Santo Antônio, no rio Madeira, em Rondônia.

“Neste ano, vamos superar a marca de 1,2 milhão de matrículas na rede Senai, 10% mais que no ano passado”, afirmou o presidente da Fiesp/Ciesp, Paulo Skaf, nesta manhã (6), após assinar, em Araraquara, protocolo de intenções para formação de mão-de-obra em sete postos da Prefeitura.

Treinamentos do Senai serão levados também a empresas do setor têxtil, como a Lupo, em Araraquara, e centenas de confecções de Ibitinga. A cidade, onde a Fiesp é uma das gestoras do APL de Confecções de Cama, Mesa e Banho, é um polo importante, com mais de 2 mil indústrias.

Skaf garantiu ainda que o Centro de Atividades do Sesi, em Araraquara, será totalmente reformado, desde o prédio escolar até o balneário e a área esportiva, num investimento de R$ 10 milhões.

O prefeito Marcelo Barbieri, de Araraquara, mostrou interesse em adotar o sistema Sesi de ensino na rede escolar municipal. “Conhecemos o bem-sucedido projeto piloto aplicado em Iperó e queremos aplicar também aqui. O excelência do ensino ministrado pelo Sesi é inquestionável”, destacou.

Convênios serão estendidos a toda a região


Outros prefeitos também manifestaram interesse em aplicar a metodologia Sesi em suas escolas públicas. A prefeita de Rincão, Terezinha Servidone, ofereceu uma área ao Sesi-SP, no centro da cidade, para a construção de uma unidade da instituição, gesto repetido pelo prefeito de Matão, Adauto Scardoelli.

Scardoelli, que já doou área que hoje abriga o Centro de Treinamento do Senai-SP, ofereceu agora outra área para que se construa ali a sede da Diretoria Regional do Ciesp naquele município.

Tópicos:
  



Comentários