Super molécula é verdadeira usina de força


Continua depois da publicidade


Fonte: Inovação Tecnológica - 05/04/07

Químicos da Universidade da Virginia, Estados Unidos, criaram uma super-molécula que é uma verdadeira usina de força, capaz de produzir hidrogênio a partir da água utilizando a energia solar como combustível. O hidrogênio é visto como o combustível do futuro, embora ainda não estejam disponíveis todas as tecnologias para sua utilização.

Hidrogênio

O hidrogênio é eficiente como combustível, e sua transformação em eletricidade utilizando células a combustível gera apenas água como subproduto - ou seja, zero de poluição. Só que ele não ocorre de forma livre na natureza e tem que ser produzido artificialmente.

Hoje, virtualmente todo o hidrogênio produzido é fabricado em processos industriais que queimam combustíveis fósseis, geralmente gás natural - o que anula os seus efeitos benéficos.

Super molécula

É por isso que chama tanto a atenção a super-molécula que acaba de ser desenvolvida. Produzir hidrogênio a partir da energia solar - outra energia renovável e limpa - pode representar a fonte ideal de energia para substituição dos combustíveis fósseis.

"O que é diferente é a forma como o sistema funciona," explica a pesquisadora Karen Brewer. "A primeira parte é o absorvedor de luz, capturando luz visível e ultravioleta. A segunda parte é um reservatório de elétrons. A terceira parte é o catalisador para gerar hidrogênio a partir da água." Todos esses segmentos são acoplados em uma grande estrutura supramolecular.

A usina de força molecular é também muito flexível, não tendo sido projetada especificamente para produzir hidrogênio. É virtualmente um sistema inédito de reação química para produção de energia, no qual o segredo está no catalisador.

"Por exemplo, conceitualmente nós podemos utilizar dióxido de carbono para produzir metanol ou outras formas reduzidas de dióxido de carbono," diz a Dra. Karen. Para isso, basta escolher o catalisador adequado.

Complexo supramolecular

O novo complexo supramolecular também pode se unir a moléculas de DNA, tornando as super-moléculas adequadas para um tipo totalmente diferente de aplicação: a liberação de medicamentos no interior do organismo de forma totalmente controlada por luz. Os fármacos são incorporados na molécula e, quando esta atingir o local da aplicação, bastará fazer a luz incidir sobre ela para que o medicamento seja liberado.

A usina de força molecular está ainda em fase de desenvolvimento. Os pesquisadores estimam que vários anos de pesquisa e aprimoramento ainda serão necessários para que a super-molécula possa ser utilizada para a produção efetiva de hidrogênio a partir da luz solar.

Outros pesquisadores também já apresentaram soluções diferentes para a utilização da luz solar para produção de hidrogênio.



Comentários