Petróleo e bioenergia: a visita do presidente da Rússia ao Brasil

Foto: Divulgação

Petróleo e biocombustíveis. São os principais assuntos da pauta do presidente da Rússia, Dimitri Medvedev, que está visitando o Brasil esta semana. Na terça-feira (25), Medvedev se reuniu com o presidente da Petrobras, Sérgio Gabrielli, no Rio de Janeiro. O encontro serviu para abrir portas à cooperação entre a companhia brasileira e empresas russas, principalmente em áreas como exploração e produção de petróleo e gás natural, pesquisa e desenvolvimento e biocombustíveis.

A Petrobras já tem um memorando de entendimentos assinado com a Gazprom, maior empresa russa no setor de gás natural e uma das maiores produtoras e detentoras de reservas mundiais do produto. A companhia russa deve abrir um escritório no Rio de Janeiro no próximo ano.

O presidente russo também foi apresentado aos biocombustíveis, produzidos a partir de cana-de-açúcar, mamona, girassol, soja etc. Medvedev visitou uma exposição e recebeu informações sobre a produção de biocombustíveis no Brasil, as pesquisas realizadas e sobre o desenvolvimento dos veículos flex. Medvedev leva na bagagem dados de sobra sobre o etanol e o biodiesel, os trunfos brasileiros para a substituição da principal base energética mundial atualmente: o petróleo.




Comentários