Brocas: medidas e ângulos, como fazer a escolha certa?


Numa operação de furação, a máquina furadeira é responsável pela movimentação da broca, sendo esta a responsável pela remoção de material. Para operações de furar a broca mais utilizada é a broca helicoidal, mas a par desta ainda existe um grande número de brocas para as mais diversas finalidades.

A Broca Helicoidal
   
A broca helicoidal fixa-se à máquina pelo seu ecabadouro que pode ser de forma cônica ou cilíndrica. A parte cortante recebe sua forma fundamental graças às duas ranhuras de forma helicoidal. Os dois gumes principais formados pelo aguçamento da ponta são responsáveis pelo corte do material, enquanto o gume transversal, que encontra-se entre as duas faces de incidência, comprime o material para fora consumindo assim cerca de 40% da força de avanço.

Medidas e Ângulos da Broca Helicoidal

 

- "a" Ângulo de rebaixo ou incidência: Com o propósito de que os gumes principais possam penetrar no material as faces livres se curvam para baixo partindo do gume principal. O ângulo, que é medido nas esquinas de corte, usualmente assume valores entre 12 e 15 0 podendo porém assumir valores entre 5 e 8 0 quandos se tratar de materiais extremamente duros.

- "g" Ângulo de entrada, ataque ou de saída da apara: É formado pelo ângulo das ranhuras helicoidais. Tem sua medida máxima nas esquinas dos gumes e diminui a aproximadamente 0o no centro da broca. Seu valor é aproximadamente o mesmo do ângulo da hélice;
   
-"b" Angulo do gume ou de corte: Tendo em mãos os valores do angulo de inicência e do ângulo de ataque se determina o ângulo de corte;
   
- "f" âgulo da ponta: É escolhido de modo a que se obtenham gumes principais retilíneos. Assume normalmente o valor de 118°.


Continua depois da publicidade


A escolha da broca
   
Na escolha da broca devem ser considerados os seguintes fatores:

    * o diâmetro do furo a ser aberto,

    * o material a ser perfurado e

    * o aguçamento da broca.

Pelo diâmetro do furo a ser aberto e o material a ser perfurado, segundo a DIN, a broca classifica-se em W, H ou N. Com estes parâmetros determina-se o ângulo da hélice e da ponta e assim seleciona-se a broca. Por fim é necessário que se verifique o aguçamento dos gumes. Uma broca com os gumes arqueados para frente ou para trás gasta rapidamente, enquanto uma broca com os gumes com comprimentos desiguais gera um furo maior que o desejado.

Outros tipos de brocas


   
-Broca de canhão: Representada na imagem "a". Trabalha com um único gume. Apropriada para execução de furos profundos;

-Broca de centrar ou de ponto: Representada na imagem "b". Utiliza-se quando os furos devem ficar com um fundo chato. Possui uma ponta que serve de guia;

-Broca oca: Representada na imagem "c". Utilizada para recortar um núcleo do material;

-Broca de recortar: Representada na imagem "d". É utilizada para sangrar discos.

Tópicos:



Comentários