Mecânica Nordeste recebe público qualificado

Fonte: Assessoria de Imprensa da Mecânica Nordeste - 31/10/08
Fotos: Mecânica Nordeste

A 14ª edição da Mecânica Nordeste - Fimmepe 2008, que ocorreu de 20 a 24 de outubro no Centro de Convenções de Pernambuco trouxe resultados bastante positivos para expositores e visitantes. Os representantes das empresas expositoras de todo o País se surpreenderam com o fluxo de pessoas registrado nos cinco dias de feira. “Um público qualificado, composto por empresários, engenheiros, técnicos e estudantes garantiram a conquista de novos clientes e abriram oportunidades concretas de negócios futuros”, afirmou Sebastião Pontes, presidente do Sindicato das Indústrias Eletro-metal-mecânicas de Pernambuco (Simmepe), entidade promotora do evento.

A Fimmepe mostrou-se, mais uma vez, como uma oportunidade única no Norte-Nordeste de se entrar em contato com o que há de mais moderno em termos de tecnologia para o segmento da indústria eletro-metal-mecânica. Os visitantes puderam encontrar motores elétricos, sistemas de automação, componentes e máquinas para trabalhar metal, além de ferramentas e uma série de outros equipamentos direcionados tanto para as áreas de produção, quanto para manutenção industrial.

Este ano, um público de aproximadamente 18 mil pessoas compareceu ao Centro de Convenções de Pernambuco, no período de 20 a 24 de outubro, atraído pela diversidade e qualidade dos produtos em exposição. Além disso, várias empresas aproveitaram a Fimmepe para realizar palestras e seminários sobre as novidades do mercado e as novas tecnologias empregadas em seus segmentos de atuação.

Uma das participações de destaque na feira deste ano foi a do Estaleiro Atlântico Sul implantado em Pernambuco. Mais uma vez a empresa, por meio do seu estande instalado na feira, realizou um trabalho de aproximação com a indústria eletro-metal-mecânica, com o objetivo de identificar potenciais fornecedores de produtos e serviços para sua linha de produção de navios e plataformas petrolíferas. “Temos certeza de que a indústria local pode ser bastante competitiva, por isso temos buscado a ajuda do Simmepe a fim de manter contato com as empresas interessadas em fazer parte da cadeia produtiva do pólo naval”, afirmou o presidente do Estaleiro, Ângelo Belelis.

Segundo André Mozetic, diretor da Greenfield Business Promotion, empresa responsável pela comercialização do evento, no próximo ano, a Mecânica Nordeste terá ampliadas as áreas destinadas aos setores de manutenção industrial e de estruturas, a fim de atender a demanda de novos fornecedores que chegam atraídos não só pelo estaleiro, mas também pela Refinaria de Petróleo Abreu e Lima. Além disso, devido ao grande sucesso registrado este ano, os expositores de produtos destinados à indústria eletro-eletrônica ganharão, em 2009, um salão específico para os produtos desse segmento.
Tópicos:
     



Comentários