SEBRAE/SC lança site Oficina do Empreendedor

Fonte: Revista Making Of - 03/10/08
     
Agora essa facilidade já é uma realidade. Pioneiro, o SEBRAE/SC acaba de lançar o site (Oficina do Empreendedor) que reproduz virtualmente um de seus principais eventos de orientação empresarial - a Oficina SEBRAE, onde quem já tem um negócio ou pretende montar um tem acesso gratuito a palestras, consultorias, idéias de negócios, videoteca, orientação sobre crédito, loja SEBRAE e ao programa Negócio Certo. Considerado uma inovação, o site é o primeiro a reunir as principais soluções do SEBRAE/SC de forma a proporcionar capacitação a distância.

Site visa facilitar o entendimento

No site, foi reproduzido o ambiente da Oficina SEBRAE presencial, havendo um estande para cada atividade. Para quem já tem um negócio, o conteúdo disponibilizado é diferente do que será acessado por aquele que pretende abrir uma empresa. Basta clicar na opção desejada. Com o objetivo de proporcionar mais interação, a apresentação de cada produto SEBRAE ficou por conta de um simpático mascote, que caminha nos ambientes interagindo com o público.

Alexandre Souza, analista de Tecnologia da Informação do SEBRAE/SC, diz que quem acessar o site encontrará dez palestras no total:
consultoria - que já tem recebido cerca de 20 perguntas por dia -; 48 idéias de negócios; videoteca com 20 vídeos de variados temas, como, por exemplo, Fluxo de Caixa, Qualidade Total e Fortalecimento da Marca; Loja SEBRAE, com publicações específicas para futuros empreendedores e empresários; orientação sobre crédito, com cartilha explicativa e o espaço Negócio Certo, programa destinado a apoiar aqueles que buscam orientações práticas sobre abertura e gestão de negócios de pequeno porte.

E, segundo ele, essas facilidades proporcionadas pelo site são só o começo. Em breve, os internautas poderão acessar mais palestras, idéias de negócios e vídeos na videoteca. Souza adianta também que está nos planos a nacionalização da ferramenta, o que possibilitará conteúdos produzidos por unidades do SEBRAE de outros Estados.



Comentários