Descoberta do pré-sal beneficia pequenas e médias empresas

Fonte: Gazeta Mercantil - 29/09/08
Fotos: Divulgação

Com as descobertas da Petrobras na camada pré-sal, na Bacia de Santos, em São Paulo, inúmeros setores da economia estão sendo beneficiados com o aumento da demanda do setor de petróleo e gás. Além de trazer benefícios para o país - como sair da condição de importador e passar para exportador - essa descoberta permite também o ingresso das pequenas e médias empresas que fabricam desde parafusos a máquinas de altas tecnologias nessa lucrativa área.

Um exemplo dessas empresas é a mineira Proemed Instrumentações, que produz uma válvula de duplo bloqueio, na qual interrompe a entrada e a saída de produtos nos terminais de distribuição. Já a Macam, que fabrica caldeiras para o processo de corte - pega uma peça fundida e faz torneamento sem emenda e solda - também comemora o bom momento.

Mas para que essas companhias tenham se beneficiado da cadeia produtiva de petróleo e gás, elas passaram por um processo de capacitação, desenvolvido em conjunto com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) de Minas Gerais e a Petrobras. O convênio existe desde 2004, e foi renovado em junho desse ano para atender 14 estados do Brasil.

Segundo Warley do Couto, técnico e responsável pelo projeto de petróleo e gás do Sebrae, Minas Gerais tem a vantagem de situar-se em um eixo privilegiado, perto das maiores bacias de exploração. Isto facilita a inserção das empresas para o atendimento ao setor.

Com a renovação, o valor do investimento no projeto saltou de R$ 12 milhões para R$ 32 milhões para os próximos três anos, dos quais  aproximadamente R$ 1,5 milhão são destinados para Minas Gerais, de acordo com Warley.
Tópicos:



Comentários