R$ 24 milhões para Programa de Pesquisa

Fonte: Agência FAPESP -09/04/2007

 A Financiadora de Estudos e Projetos (Finep) destinará R$ 14 milhões à Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (Fapemig) para a terceira edição do Programa de Apoio à Pesquisa em Empresas (Pappe).

O valor foi anunciado no dia 4 de abril, junto com o resultado da segunda chamada pública para subvenção do programa. Somada a contrapartida de R$ 10 milhões da Fapemig e da Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg), o edital terá R$ 24 milhões.

Segundo a fundação mineira, o total é quase o dobro do valor disponibilizado nas duas versões anteriores do programa. Mario Neto Borges, diretor científico da Fapemig, destacou o caráter pioneiro da proposta, que foi apresentada pela fundação, pela Fiemg e pela Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Sectes).

“Além disso, pela primeira vez a indústria mineira, representada por sua federação, compromete-se a alocar recursos para incentivar a pesquisa e a inovação tecnológica”, disse.

A Fapemig lançou o primeiro edital do Pappe em 2004, quando foram liberados R$ 6,6 milhões para 49 propostas contratadas. Na segunda versão do edital foram destinados R$ 5,7 milhões para propostas de 40 empresas.

O Pappe tem o objetivo de apoiar projetos que apresentem soluções tecnológicas de fácil inserção no mercado, que promovam impacto social ou comercial e que tenham sido desenvolvidos por pesquisadores vinculados ou associados a micro e pequenas empresas de base tecnológica localizadas em Minas Gerais.

“O Pappe procura aproximar centros de pesquisa e empresas. Com o programa, espera-se um crescimento do número de pesquisadores que atuam na indústria. Em países como Estados Unidos e Alemanha, cerca de 80% deles estão no mercado e apenas 20% na academia. No Brasil, essa proporção é inversa”, disse José Geraldo de Freitas Drumond, presidente da Fapemig.

Mais informações: www.fapemig.br



Comentários