FAPESP abre seleção para pesquisa em materiais avançados

Fonte: FAPESP - 23/09/08
Foto: FAPESP

A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP) abriu seleção pública de propostas para projetos conjuntos de pesquisa, desenvolvimento e inovação em cooperação com outras instituições participantes da Colaboração Interamericana em Materiais (Ciam).

O Ciam é uma colaboração interamericana entre agências de fomento a pesquisa que tem por objetivo principal o apoio à cooperação na área de ciência e engenharia de materiais entre pesquisadores dos países participantes.

As propostas devem ser de projetos que fomentem a cooperação e interação entre grupos de pesquisadores, centros de pesquisa e organizações com o propósito de intercâmbio de pesquisadores, pós-doutorandos e alunos de doutorado.

Além do Brasil, participam do Ciam agências de fomento a pesquisa da Argentina, Canadá, Chile, Colômbia, Estados Unidos, México, Peru e Trinidad e Tobago.

As propostas encaminhadas na área de ciência e engenharia de materiais devem enfatizar os materiais avançados, definidos como aqueles para os quais exista um desafio científico ou tecnológico a ser vencido, ou para os quais exista interesse estratégico no domínio de sua produção e para aplicações e aperfeiçoamento de técnicas para seu processamento ou manufatura.

As propostas deverão ser submetidas por meio de solicitação de aditivo a projetos em andamento nas linhas de financiamento a Projetos Temáticos, Apoio a Jovens Pesquisadores ou Centros de Pesquisa, Inovação e Difusão (Cepids) da FAPESP. No caso de concessão, o apoio para o intercâmbio será somente para o período de vigência original do projeto.

As propostas podem ser enviadas até o dia 24 de novembro. Cada projeto deverá ter a duração de, no máximo, 36 meses. Cada missão não poderá exceder a 60 dias (no caso de coordenadores de projetos, pesquisadores e pós-doutorandos). As missões de estudantes de doutoramento não poderão durar menos que 30 dias.

Dependendo da qualidade da proposta, a FAPESP apoiará propostas com recursos de até R$ 20 mil anuais, por projeto, por um período de até três anos, destinados necessariamente a despesas de mobilidade dos pesquisadores paulistas (passagens, diárias e seguro viagem) para os países das instituições executoras estrangeiras.

Mais informações: www.fapes.br/ciam
Tópicos:
  



Comentários