Produção de aço bruto sobe 7,5% até agosto

Fonte - Gazeta Mercantil 19/09/2008

A produção brasileira de aço bruto cresceu 7,5% até agosto, alcançando 23,78 milhões de toneladas. A construção civil segue impulsionando as vendas internas de aços longos, que subiram 20% em agosto, na comparação com igual mês de 2007, para 859 mil toneladas, conforme levantamento do Instituto Brasileiro de Siderurgia (IBS). Apesar do percentual elevado, verifica-se que o ritmo de crescimento já é um pouco menor que o apresentando nos meses anteriores. Com isso, o segmento agora acumula alta de 25,9% e soma 6,24 milhões de toneladas vendidas.


O crescimento das vendas de aços planos, usado principalmente na indústria automobilística e da linha branca, também desacelerou no mês passado, quando foram comercializadas para 1,09 milhão de toneladas de aços planos, alta de apenas 1,9%, ante o mesmo mês de 2007. No ano, foram comercializadas 8,81 milhões de toneladas, 10,8% acima do apurado até agosto do ano passado.
Para o analista da Brascan Corretora, Rodrigo Ferraz, os números não devem ser encarados como negativos, do ponto de vista dos produtores desses produtos. "Os dados continuam favorecendo a Gerdau ante as fornecedoras de planos, CSN e Usiminas. Ainda assim, salientamos que a CSN e a Usiminas trabalham hoje com plena capacidade, o que significa dizer que um aumento de demanda no curto prazo não as beneficiaria diretamente, refletindo-se apenas em um maior volume de importação, pelo menos enquanto as empresas não adicionam novas capacidades", afirmou em relatório.

A produção brasileira de laminados planos registra alta de 3,2% até agosto, para 17,49 milhões de toneladas. Já as importações desse tipo de aço cresceram 67,6% até julho e somaram 689,39 mil toneladas. No total, as compras internacionais totalizaram 1,25 milhão de toneladas até o sétimo mês do ano, 59,5% acima do apurado em igual período de 2007.

Tópicos:



Comentários