Aquecimento global preocupa brasileiros

Os americanos estão entre os menos ansiosos

Fonte: Folha Online - 05/04/07

Os brasileiros são o povo mais preocupado com o aquecimento global, segundo pesquisa de opinião feita para a rede de TV BBC e divulgada nesta terça-feira.

A pesquisa, que envolveu 14 mil pessoas de 21 países, mostrou também que mais de dois terços da população mundial estão preocupados com o assunto.

Os americanos, porém, estão entre os menos ansiosos, embora seu país seja a principal fonte de emissão de gases de efeito estufa.

"Mais de dois terços (68%) do mundo estão preocupados com a mudança climática, com os sul-africanos (82%) e os brasileiros (87%) entre os mais apreensivos", informou um comunicado com os principais resultados.

Os menos ansiosos com o assunto são os americanos (57%) e os indianos (59%).

Americanos

A pesquisa, feita pelo grupo de pesquisa Synovate, aponta que dois terços dos entrevistados reconhecem os EUA como o maior responsável pelo problema.

"Quase quatro em cada cinco americanos, no entanto, acreditam que não há um país que seja responsável", diz o comunicado.

Os EUA são o principal emissor de gases de efeito estufa --quase um quarto do total mundial, à frente de China, Rússia e Índia. Em termos de emissão per capita, cada americano é responsável por cerca de 20 toneladas/ano, contra a média mundial de menos de 4 toneladas/ano.

Ainda assim, a pesquisa descobriu que 22% dos americanos compraram ou pretendem comprar um carro menor --mais que a média mundial, de 20%.

O presidente dos EUA, George W. Bush, retirou o país do Protocolo de Kyoto, o principal plano da ONU (Organização das Nações Unidas) para a redução de emissão de gases de efeito estufa, em 2001, alegando, entre outros motivos, que isso prejudicaria o emprego de trabalhadores americanos.

Efeitos do aquecimento

Em fevereiro, do Painel Intergovernamental de Mudanças Climáticas (IPCC, na sigla em inglês), da ONU, divulgou um relatório em que concluía com quase toda a certeza que o comportamento humano provoca o aquecimento global.

Nesta semana, o IPCC realiza uma nova conferência em Bruxelas para debater o segundo relatório, sobre os efeitos do aquecimento global. Ele deve ser divulgado na sexta-feira (6).

Segundo esse novo relatório, mares mais quentes causarão o desaparecimento de recifes de corais e peixes que vivem neles. Milhões de pessoas em cidades costeiras e em bacias de rios sofrerão com enchentes.

Nos países latino-americanos, calcula-se que entre 100 e 400 milhões de pessoas podem ter problemas de acesso à água potável no ano 2080.



Comentários