Lançamento Esab: cortes e marcação num único sistema a plasma


Pela primeira vez, cortes múltiplos e marcação estão disponíveis em um sistema de utilização simplificada. Corte padrão com plasma em alta velocidade e baixo custo, com marcação e corte de alta qualidade e precisão, e corte de chapas grossas com elevada corrente – tudo isso pode ser obtido com uma única tocha de plasma.

Quando configurado para a operação com 600 A, este sistema de corte faz a marcação em espessuras de 2 mm até 150 mm, sem perda de qualidade, uma capacidade que vai além de qualquer sistema de plasma de alta definição. O sistema de plasma m3 produz um corte consistente e melhor, praticamente sem borra.

A inovação da Esab estabeleceu um novo padrão industrial no projeto de tochas, que resulta em melhores cortes em faixas mais amplas de materiais e espessuras, com utilização mínima de consumíveis. A nova tocha PT-36 substitui até três tochas de aplicação simples (corte de chapas pesadas, corte de precisão e marcação). Nenhum outro sistema oferece a confiabilidade, economia e produtividade do sistema de plasma m3. Os usuários obtêm o benefício de um melhor corte e produtividade, com um menor tempo de preparo, tempos de parada e custos de consumíveis mínimos.

A tocha plasma PT-36 atende a todas as exigências tanto em qualidade como em velocidade de corte. Para correntes até 600 A a tocha corta com precisão materiais com espessuras entre 2 a 150 mm.

Combinado com o VBA-Expert Pro, a ferramenta é utilizada para o corte preciso de chanfro de chapas; também é totalmente programável para o corte de partes que tem tanto chanfros quanto bordas retas. A tocha também pode ser combinada com o inovador VBA-Wrist, para o corte preciso e variável de chanfro e perfil em elementos tridimensionais como tubulações, terminais abaulados de caldeiras, seções com perfil e chapas.

Marcação com plasma – Os sistemas Esab m3 possuem a capacidade de marcação com plasma, usando a mesma tocha e os mesmos consumíveis. O operador pode controlar a corrente de marcação, a velocidade de marcação e a aceleração de marcação. Isso facilita o controle das linhas em largura e profundidade, numa velocidade de até 20 m/min.

Custos de consumíveis e vida útil

A tocha PT-36 utiliza um número menor de peças de consumo – 30 – em relação a equivalentes na indústria para cobrir a faixa completa. Outros sistemas exigem até 66 partes, ainda sem cobrir a mesma gama de corte. Isso significa menores compras e itens de estoque. Adicionalmente, as características do m3 plasma permitem uma vazão de gases com controle mais aperfeiçoado e consistente através da tocha; isto, combinado com a tecnologia Esab Ultra-Life, maximiza a vida dos consumíveis com menores custos operacionais.

SpeedLoader

O SpeedLoader é outra inovação para o aumento da produtividade do processo de corte. A PT-36 usa somente um único eletrodo na faixa de corte entre 50 a 400 A; o resto das partes frontais pode ser “pré-carregado” para reduzir os tempos de parada a um mínimo. A instalação especial do SpeedLoader permite a pré-montagem do bico, do retentor do bico, do escudo e do retentor do escudo.
O operador pode extrair o conjunto de consumível pré-montado, de forma rápida e simples, minimizando o tempo de parada para a substituição ou mudança deles. O SpeedLoader não requer corpos de tochas caros e não interrompe nenhuma das conexões de fluidos durante a substituição, eliminando o risco de um dano no o-ring ou vazamentos.

Precisão


A ISO 9013 impõe padrões internacionais para a máxima qualidade de corte. O modo de precisão do Esab m3 plasma excede a concorrência, pois atinge melhor qualidade de corte durante a vida útil dos consumíveis. O modo de precisão do ESAB m3 atinge a faixa 3 da ISO 9013 ou ainda mais qualidade de corte numa faixa mais ampla de materiais e ajustes de potência do que qualquer outro sistema concorrente.

Precisão, produção, ou qualidades de corte podem ser selecionadas com facilidade, e mais de um modo pode ser aplicado no mesmo setor do programa. Pelo fato da tocha PT-36 utilizar o mesmo eletrodo em toda a gama do plasma de oxigênio, desde 50 a 450 A, a comutação dos modos de corte pode ser selecionada rapidamente e sem trocar os consumíveis. Isso facilita a máxima qualidade de corte no interior de furos e recortes, com a maximização de velocidade em cortes externos.

Os sistemas Esab m3 plasma possuem o mais avançado sistema de controle de gás disponível, totalmente automatizado com Esab Vision CNC. Sua elevada flexibilidade na seleção e mistura de gases de proteção permite ao operador obter cortes com a melhor qualidade em qualquer material.

Carl Bandhauer 
- gerente de produto para pequenas e médias máquinas de corte & Tecnologia Plasma da Esab Cutting Systems Gmbh, Alemanha.

Saiba mais sobre a Esab no portal CIMM. Clique aqui.
Tópicos:
     



Comentários