Empresa alemã busca parceria tecnológica na UFSC

Foto: Agecom/UFSC

Uma equipe da ZF do Brasil, megaempresa alemã da área de transmissores automotivos em veículos, participou  de reuniões com pesquisadores do Centro Tecnológico da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Os empresários estão contatando a Administração da Universidade no sentido de estabelecer uma parceria com o Departamento de Engenharia Mecânica para a futura instalação de um centro avançado de pesquisas no Planalto (Lages).

A iniciativa conta com a cooperação do governo estadual, através do acompanhamento direto do presidente da Fundação de Apoio à Pesquisa Científica e Tecnológica do Estado (Fapesc), ex-reitor Antônio Diomário de Queiroz, que avaliou como “extremamente positivos os encontros mantidos no CTC” A direção da ZF fez uma apresentação da empresa aos professores e pesquisadores.

À esteira da Lei de Inovação Catarinense, a implantação de parques tecnológicos e incubadoras empresariais e a instalação de Centros de Competência Científica fazem parte da política de aproximação entre o setor produtivo, o Poder Público e a comunidade científica. “Visam, em síntese, transformar a inovação tecnológica em emprego, renda e desenvolvimento sustentado”, frisa o dirigente da Fapesc.

Considerado o melhor do País, o curso de Engenharia Mecânica da UFSC, segundo lembra o reitor Alvaro Prata, mantém, historicamente, uma cooperação com universidades da Alemanha. Ele adiante que o centro de pesquisas de Lages, poderá, inclusive, ser beneficiado pela implantação do Campus da Universidade de Curitibanos.

Os dirigentes da ZF, de acordo com o professor Diomário, ficaram bem impressionados como que viram no CTC da UFSC. Eles não tinham idéia sobre os avanços científicos e tecnológicos desenvolvidos em laboratórios catarinenses.
Tópicos:



Comentários