Fundo francês Axxon compra gaúcha Guerra


O fundo de private equity Axxon Group comprou o controle da Guerra S.A., de Caxias do Sul (RS), segunda maior fabricante de implementos rodoviários do país, que teve receita operacional bruta de R$ 450 milhões em 2007. O banco alemão Deutsche Investitions und Entwicklugsgesellschaft MBH (DEG) terá participação minoritária. O Axxon atua no Brasil desde 2001, onde administra fundo de US$ 150 milhões com o Natixis, um dos três maiores grupos financeiros da França.

Nenhuma das partes quis falar, mas a Gazeta Mercantil apurou que o negócio é próximo a RS$ 300 milhões. Com previsão de produzir 150 mil caminhões em 2008, semelhante à fabricação de reboques e carrocerias sobre chassis, o Brasil é o sexto do mundo no setor e tem potencial para crescer e atrair mais investidores. Em 2009 a Guerra abrirá capital. O diretor comercial, Marcos Guerra, fica na transição. Depois se dedica à Ursus, fabricante de tratores e caminhões de bombeiro.



Comentários