White Martins investe e promete suprir o aumento da demanda

Empresa apresenta novos produtos na Mecânica além de investir em diversas linhas de processo

Fotos: Portal CIMM

O cenário econômico que o Brasil apresenta atualmente é responsável pelo aumento da demanda de produtos e serviços industriais. Com o objetivo de acompanhar e suprir esta nova demanda, as empresas fornecedoras de tecnologia se vêem obrigadas a encontrar estratégias para atender todos seus clientes. Este é o caso da White Martins, maior empresa de gases industriais da América do Sul, que atua no Brasil desde 1912 atendendo setores como o metal mecânico, gás natural, médico-hospitalar entre outros.

Com investimentos em infra-estrutura, produção e logística a empresa garante atender todos os pedidos dos clientes. "O aumento da demanda requer uma reestruturação em todas as linhas de processo. Com os investimentos certos, novas tecnologias e profissionais especializados conseguimos aumentar a produção do nosso parque e ter os produtos disponíveis para nossos clientes", afirma Nei Ferreira, gerente de produção industrial da White Martins.

Outra atitude tomada pela empresa, segundo Ferreira, foi o aumento da produção de máquinas de corte aqui no Brasil. "São máquinas de fabricação nacional produzidas a partir de projetos atualizados. Oferecemos às indústrias a tecnologia White Martins com preços mais acessíveis", completa.

Mais um diferencial da White Martins é que, além de oferecer os produtos, também leva a solução completa para seus clientes. Prova disto é o centro de pesquisas tecnológicas da Praxair (grupo norte-americano controlador da White Martins), que possui uma unidade localizada no Rio de Janeiro. Neste centro, são desenvolvidas pesquisas puras, para aplicações diversas nas áreas de soldagem e corte térmico, além de pesquisas aplicadas, que buscam soluções específicas para clientes da empresa. "Poucas são as empresas que dispõem de um centro de tecnologia. Este funciona como uma base de apoio ao cliente da White Martins, possui uma equipe de especialistas que trabalha para desenvolver soluções ideais para cada cliente", garante Antonio Palhano, gerente de marketing e negócios da White Martins.

27ª edição da Mecânica

Mais uma vez presente na Feira da Mecânica, a empresa destacou algumas de suas tecnologias mais recentes de corte e solda para o setor metal mecânico. Uma delas foi a máquina de corte CNC modelo Autocut 3000 Precision, equipada com sistema de corte plasma HSD 130, possui capacidade para cortar chapas de aço com até 22mm de espessura. Outra novidade foram as tecnologias FastMIGtm e FastRoottm, para soldagem MAG, que garantem alta produtividade desde o passe de raiz até o fechamento total da junta soldada, pois realiza com um único conjunto todo o processo de trabalho.

Autocut 3000 Precision no estande da Mecânica

Para indústrias que necessitam de alta precisão em suas atividades de solda, a empresa apresentou o Stargold Robot, uma mistura da família Stargold New Generation. Oferece grande desempenho mesmo em diferentes posições de soldagem para uma ampla faixa de espessura (soldagem em todas as tranferências metálicas) e apresenta juntas soldadas com alta resistência à fadiga.

Além de todos os produtos expostos, os visitantes do estande da White Martins na Feira da Mecânica puderam conferir uma escultura que representa a figura do soldador. De autoria do artista plástico André Duarte, a obra é composta por materiais de sucata e foi feita a partir de processos de soldagem da empresa, como o Stargold. A escultura foi encomendada especialmente para o evento.

Escultura - o soldador
Tópicos:



Comentários