Renault inaugura Centro de Design em São Paulo

Fotos: Divulgação

Embora tenha fábrica instalada em São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba (PR), o Grupo Renault escolheu São Paulo para instalar o Renault Design América Latina (RDAL). Esta é a primeira montadora do Brasil a ter o design fora da fábrica.

Primeiro estúdio de design da montadora no continente americano, este centro de design marca um importante passo para a empresa rumo ao desenvolvimento de produtos cada vez mais adequados ao perfil do consumidor latino-americano.

Com a inauguração do Renault Design América Latina, o Brasil se posiciona num restrito grupo de países escolhidos pela Renault para abrigar seus estúdios de criação. O Renault Design, dirigido por Patrick le Quément, vice-presidente sênior de design do Grupo Renault, desenvolveu uma rede internacional de centros de design. Seis centros já foram criados desde 1999 em regiões estratégicas para o Grupo Renault: o primeiro na Espanha (Barcelona), seguido da França (Paris), Coréia do Sul (Seul), Índia (Mumbai), Romênia (Bucareste) e, agora, Brasil (São Paulo).

No país, o centro de estilo opera com especialistas em desenho automotivo, entre brasileiros, argentinos, colombianos e franceses. A equipe é comandada por Vincent Pedretti, designer chefe do Renault Design América Latina. “O estúdio credencia a marca a desenvolver todo o projeto de um veículo, desde o primeiro esboço ao protótipo final. Além de diversificar as nossas fontes de criação, o RDAL permite inserir o ‘DNA’ latino-americano em nossos projetos. O estúdio permite também que a Renault se consolide na região como referência em design de automóveis”, explica Pedretti.

Localizado em São Paulo, no bairro dos Jardins, o RDAL está situado em uma região notadamente conhecida por abrigar ateliês, showrooms e estúdios de arte, design, arquitetura e decoração. A decisão da localização foi estratégica: estando em uma região que ‘respira’ design, o RDAL funciona como um centro de observação de tendências. O RDAL é dotado de tecnologias de última geração para o desenvolvimento dos conceitos e seus respectivos protótipos.

“A criação do RDAL está em linha com os objetivos de potencializar nossas operações na América Latina. Uma vez perto do mercado e atentos às suas tendências, podemos trabalhar com mais agilidade e eficiência para atender aos desejos e demandas específicas do consumidor da região. O RDAL vem para suprir esta necessidade e ao mesmo tempo propor novas idéias e estilos ao consumidor. Estamos criando condições para que a Renault se torne uma referência em design para o mercado latino-americano”, explica Jérôme Stoll, presidente da Renault do Brasil e diretor geral da Renault Mercosul.



Comentários