Acesso residencial à internet cresce 56,7% no país


O acesso residencial à rede mundial de computadores (internet) atingiu a marca de 22 milhões de usuários no país em fevereiro, o que representa um crescimento de 4,5% em relação a janeiro e de 56,7% na comparação com fevereiro de 2007.

De acordo com a pesquisa Ibope/Netratings, o crescimento surpreende. Isso porque o mês de fevereiro é tradicionalmente fraco para a internet por conta do menor número de dias e do Carnaval, quando muitos usuários viajam.

Segundo o estudo, o Brasil continua sendo o país com maior tempo mensal de navegação residencial por internauta, com a média de 22 horas e 24 minutos em fevereiro. Na seqüencia aparecem Estados Unidos (19h52min), França (19h40min) e Japão (18h29min).

As categorias mais acessadas na comparação com janeiro foram: Educação e Carreira, com crescimento de 14,4%, atingindo 10,8 milhões de internautas; Informações Corporativas, que cresceu 10,3% e recebeu 8 milhões de visitantes; e Notícias e Informações, com 9,3% de aumento, com visitas de 14,4 milhões de brasileiros.

Já no período de um ano, as categorias que mais cresceram foram: Viagens e Turismo (99,6%); Informações Corporativas (91,7%); Casa e Moda (86,1%); Notícias e Informações (66,7%) e Governo e Empresas sem Fins Lucrativos (66%). A Ibope/Netratings destaca os números do segmento Informações Corporativas, que apresentou o maior aumento em ampliação do tempo gasto por usuário.

A pesquisa revela também que o número total de internautas maiores de 16 anos para todos os ambientes (residência, trabalho, escola, cybercafé, bibliotecas, telecentros etc), atingiu no quarto trimestre do ano passado a marca de 40 milhões de pessoas, maior patamar desde setembro de 2000, quando ocorreu o início das medições no país.



Comentários