Workshop de Sustentabilidade abre inscrições


Nos próximos dois anos, a produção mundial de aço deverá crescer em 300 milhões de toneladas/ano, resultando no aumento significativo de resíduos, apesar dos esforços das empresas em reduzir cada vez mais a geração desses materiais.

Com isso, o desafio para o setor continuará sendo o de encontrar alternativas de reciclagem, reaproveitamento e aplicação adequada para seus sub-produtos. No caso do agregado siderúrgico, tem sido crescente sua utilização em setores diversificados.

Além do uso em pavimentação de ruas e calçadas (foto), como lastro de ferrovia e berço de assentamento de dormentes, o material tem amplo potencial de aproveitamento na indústria de cimento e fertilizantes, na agricultura, em sistemas de tratamento de água (meio ambiente) e na engenharia hidráulica.

Para apresentar e debater este assunto, bem como a questão da Gestão de Resíduos, profissionais da indústria, academia, poder público e instituições de controle ambiental participarão, no dia 26 de março, na sede da ABM, em São Paulo, do 2º Workshop de Sustentabilidade do Setor Siderúrgico Brasileiro.

“O primeiro passo é inserir o agregado siderúrgico no processo sistemático de produção e tratá-lo adequadamente de acordo com a utilização pelo cliente”, alertou o Prof. Dr. Waldir Bizzo, da Unicamp, durante participação na primeira edição do workshop. Ele enfatizou que o material também deve estar inserido no Sistema de Gestão Ambiental para que seu uso garanta a segurança ao meio ambiente e à saúde das pessoas.

“Cabe a nós, pesquisadores, e à indústria munir de informações e esclarecer a sociedade sobre esses produtos e suas vantagens, já que existem inúmeros estudos comprovando que o material não é prejudicial à saúde”, acrescentou o colega, Antonio Polisseni, professor doutor da Universidade Federal de Juiz de Fora, que desenvolveu pesquisas sobre a utilização do agregado siderúrgico em lastro ferroviário a convite do IBS - Instituto Brasileiro de Siderurgia.

Outro estudo encomendado pelo IBS diz respeito ao uso do agregado siderúrgico em pavimentação, objetivando estabelecer normas junto à ABNT para dar suporte aos produtores, usuários e órgãos fiscalizadores.

As inscrições estão abertas na página do evento na internet , onde também podem ser obtidas mais informações sobre a programação. A participação é gratuita, mas as vagas são limitadas.

Informações sobre inscrições com Margareth Nunes ou Renata Puga.
Telefone: 11 5534-4333 ramais 124 e 173, respectivamente.



Comentários