Romi adquire indústria de sopradores de plástico

 

Foto: Divulgação

Com a compra da J.A.C., de Americana, a empresa complementa sua atuação no segmento de máquinas para o processamento de plástico


A Indústrias Romi S.A., líder nacional nos mercados de injetoras de plástico e máquinas-ferramenta, adquiriu, na sexta-feira (25/1), diretamente e por meio de uma subsidiária, a totalidade das cotas representativas do capital social da J.A.C. Indústria Metalúrgica Ltda. A empresa produz sopradoras de plástico e detém 15% de participação do mercado nacional nesse segmento.

"A operação faz parte da estratégia da Romi de ampliar a gama de produtos e de atividades de fabricação e venda de máquinas para processamento de plástico, até então concentradas no segmento de injetoras", diz Livaldo Aguiar dos Santos, presidente da Romi.

A linha de produtos da J.A.C. é composta de sopradoras para embalagens plásticas de 10 ml a 100 litros - fabricadas com tecnologia própria. Fundada em 18 de agosto de 1988, a J.A.C. tem 45 funcionários e já vendeu 350 máquinas nos mercados nacional e internacional. Está situada em Americana (SP), a cerca de 10 quilômetros de Santa Bárbara d'Oeste, onde fica a sede da Romi, o que facilitará as sinergias operacionais, comerciais e administrativas entre as duas empresas.

Sobre a Romi

Fundada em 1930, a Indústrias Romi S.A. é líder no mercado brasileiro de máquinas e equipamentos. Companhia aberta e  desde março de 2007 listada no Novo Mercado da Bovespa, fabrica: máquinas-ferramenta, com destaque para tornos e centros de usinagem; máquinas injetoras de plástico; sistemas de usinagem de furos de alta precisão Romicron®; e peças de ferro fundido cinzento, nodular e vermicular, fornecidas brutas ou usinadas.

Saiba mais sobre a Romi.

Sobre a J.A.C.


Empresa com sede em Americana-SP, Brasil, a J.A.C. Indústria Metalúrgica Ltda. fabrica sopradoras para embalagens plásticas de 10 ml a 100 litros. Fundada em 18 de agosto de 1988, já comercializou 350 máquinas nos mercados nacional e internacional. É detentora de tecnologia própria e de participação de 15% no mercado nacional de sopradoras.



Comentários