Ceitec de Porto Alegre abre vagas para áreas técnicas

O novo Centro de Excelência em Tecnologia Eletrônica Avançada (Ceitec), em Porto Alegre, abriu seleção de profissionais formados em diversas áreas técnicas, entre as quais eletrônica, mecânica, química, eletrotécnica, refrigeração e automação.

Trata-se de um centro de tecnologia eletrônica em formação, especializado no desenvolvimento e na produção de circuitos integrados de aplicação específica. O projeto tem como base a colaboração dos governos federal, estadual e municipal, de instituições de ensino e pesquisa e entidades empresariais.

O Ceitec tem como objetivo colaborar com o desenvolvimento de produtos e processos no campo da microeletrônica, com destaque para os setores de telecomunicações, informática, entretenimento, eletrônica embarcada e de consumo.

O novo centro trabalha na reforma estatutária da instituição para qualificá-la como empresa pública, junto ao Ministério da Ciência e Tecnologia (MCT), e na conseqüente formação de um quadro próprio de profissionais.

O Ceitec pretende fornecer infra-estrutura para a realização de projetos de pesquisa, desenvolvimento e inovação e de formação de recursos humanos em microeletrônica.

Em 2005 foi assinado pelo MCT um contrato no valor de R$ 148 milhões para a construção do Ceitec. No mesmo ano, teve início a operação do Centro de Design, localizado no Instituto de Informática da Universidade Federal do Rio Grande do Sul e no Parque Tecnológico da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (Tecnopuc).

A tecnologia utilizada inicialmente pelo Ceitec será o processo complementary-metal-oxide-semiconductor (CMOS), com comprimento de canal de 0,5µm, dois níveis de metal e um nível de polissilício.

Trata-se da tecnologia empregada na produção dos dispositivos semicondutores utilizados nos equipamentos de telecomunicações, processamento de dados, entretenimento, do setor automotivo, da automação industrial e médico.

Mais informações pelo site www.ceitecmicrossistemas.org.br ou selecao@ceitec.org.br.



Comentários