Aumentam importações de chapa grossa

Importação de chapas chinesas  já supera o volume total do ano passado

Fonte: Canal de Notícias - 20/03/2007

Foto: Morgafer

O Brasil importou 15.271 toneladas de chapas grossas chinesas de espessura acima de 10mm em janeiro, um aumento significativo em comparação às 600 toneladas compradas da China durante todo o ano de 2006. O volume é grande mesmo em relação ao total importado no ano passado, 23.060 toneladas, segundo dados do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior obtidos pela Steel Business Briefing.

De acordo com Carlos Loureiro, presidente da Rio Negro, uma distribuidora do grupo Usiminas, o aumento nas importações foi causado por um grande crescimento na demanda interna de chapa grossa, ao mesmo tempo em que as usinas brasileiras estavam exportando bastante. “Mas a situação agora está se normalizando”, disse Loureiro. “Eu acredito que as importações vão continuar fortes até abril, quando o volume comprado de fora deverá começar a cair.”

Um outro distribuidor disse à SBB que as importações chinesas deverão durar até junho, pelo menos. “A quantidade pode chegar a até 90 mil toneladas neste primeiro semestre”, arriscou o executivo. Além da forte demanda por chapa grossa no mercado brasileiro, o distribuidor explica que preços mais baixos na China – US$520-530/t FOB (free on board) no final do ano passado – também motivaram as importações, mesmo levando-se em conta a tarifa de importação de 12% sobre o material.

“Agora as ofertas chinesas estão no patamar de US$620/t FOB, embora nenhuma transação tenha sido feita até o momento a esse valor”, revelou o distribuidor. O tempo de entrega da chapa chinesa seria de quase quatro meses, apurou a SBB.

Apesar da projeção de 90 mil toneladas, a SBB apurou que, na verdade, a quantidade de chapa grossa importada da China nesta primeira metade de 2007 deve passar das 105 mil toneladas, no mínimo. Isso porque a própria Usiminas, principal fornecedora no Brasil, importou 80 mil toneladas do produto chinês para garantir o fornecimento interno de fevereiro a junho.

No geral, a China foi responsável por 84% das 18.175 toneladas de chapa grossa importadas pelo Brasil em janeiro – contra uma participação irrisória de 0.38% no acumulado de 2006, quando a Ucrânia exportou 18.150 toneladas, ou 80% do total. Fontes ouvidas pela SBB disseram que a atual forte demanda na Rússia e em outros países do Leste Europeu diminuíram para zero, desde novembro, as exportações ucranianas de chapa grossa ao Brasil. A SBB também apurou que a Chongqing Iron & Steel (Chonggang) seria uma das companhias chinesas que estão exportando chapa grossa para o país.
Tópicos:



Comentários