Starrett aposta em selos de qualidade para aumentar credibilidade

Os diretores e funcionários da Starrett, uma das empresas líderes no desenvolvimento e fabricação de ferramentas e instrumentos de medição, acompanham diariamente as mudanças do mercado mundial e suas novidades tecnológicas. Para poder exportar para diferentes pólos comerciais, a empresa tem valorizado a certificação dos sistemas de gestão, que são encarados como uma forma de aumentar a credibilidade da marca.

 “Quando a certificação dos sistemas de gestão surgiu, muitas mudanças tiveram de ser feitas nas empresas, mas hoje as certificadoras são encaradas como parceiras”, lembra Sônia Guilger, analista de qualidade da empresa.

A Starrett possui os principais selos de acreditação de certificação de sistemas de gestão da qualidade existentes no mundo. O UKAS, por exemplo, abrange a acreditação de certificação para o Reino Unido.

“O público consumidor não quer apenas um produto de qualidade, ele espera que exista um processo de produção que respeite os funcionários, que o meio ambiente não seja agredido, que a empresa participe da comunidade onde está inserida. A certificadora analisa esses e outros requisitos para emitir um certificado de gestão da qualidade”, explica Sônia, que dentro da Starrett representa a direção para assuntos relacionados à ISO 9001 (norma desenvolvida pela ISO, entidade de normalização representada no Brasil pela ABNT e tendo o INMETRO como órgão de acreditação nacional de certificação).

A analista de qualidade detalha que, quando a empresa demonstra interesse em ser certificada para vender em determinada região, ela tem de expor todo seu processo de produção. “Os funcionários são auditados quanto ao comprometimento com o sistema de gestão da qualidade, é observado o atendimento ao cliente e se há satisfação com o produto e a prestação de serviço”, diz Sônia Guilger.

Apesar das regras diferentes de cada mercado, Sônia acredita que o selo pode aumentar a competitividade da empresa. “A qualidade não é apenas um conceito, ela é um produto disseminado em todos os níveis, um grau de excelência dentro da empresa. Se foi atingida a qualidade necessária para exportar para o Oriente Médio, para os Estados Unidos ou para a Europa, é importante padronizar esse processo para se garantir no mercado”.

Calibração

Uma das exigências desses mercados é a garantia de calibração de alguns produtos. Dessa forma, a empresa precisa avaliar parte dos produtos de um lote vendido caso isso seja exigido pelo cliente. Dentro da Starrett, a calibração de instrumento de medição é executada pelo LaroyLab, laboratório reconhecido pelo INMETRO que oferece suporte técnico aos clientes da empresa.

“Fazemos uma calibração comparativa com o padrão internacional daquele produto e levantamos os possíveis erros. Esse atendimento adequa o produto nas exigências do cliente, que também pode receber nosso treinamento para usar adequadamente aquela ferramenta ou máquina”, explica Sérgio Eduardo Cristofoletti, responsável pelo pós-venda do laboratório.



Comentários