FEI conquista 1º e 2º lugares no Baja SAE

A competição foi realizada de 15 a 18 de março, em Piracicaba-SP

Fonte: SAE Brasil- 19/03/07

Com 61 equipes participantes, as equipes FEI Baja 1 e FEI Baja 2, do Centro Universitário da FEI, de São Bernardo do Campo, conquistaram o primeiro e segundo lugares, com 893,21 e 876,52 pontos, respectivamente, na 13ª Competição BAJA SAE BRASIL–PETROBRAS, encerrada neste domingo, dia 18, em Piracicaba, interior de São Paulo.

A terceira colocação ficou com a equipe Demec-09, da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), com 853,41 pontos, que venceu o Enduro de Resistência, ao completar 110 voltas em quatro horas de prova, num circuito de 1,5 km. A quarta colocada na Competição foi a equipe EESC USP 114, da Escola de Engenharia São Carlos, da Universidade de São Paulo (USP), com 847,70 pontos.

Com isso, as equipes da FEI Baja 1, Demec-09 e EESC USP 114 poderão ganhar o direito de participar, em junho, da SAE Baja RIT, em Rochester, Nova York, EUA, organizada pela SAE International. A equipe Poli Torpedo, da Escola Politécnica da USP, ficou em quinto lugar e poderá designar dois integrantes para acompanhar de perto a competição nos Estados Unidos.

Cerca de 1,5 mil pessoas estiveram no ECPA para acompanhar de perto o Enduro de Resistência, a prova mais esperada pelos estudantes, que durante os quatro dias de competição submeteram seus carros off road, projetados e construídos dentro das faculdades, a diversas avaliações de profissionais da indústria da mobilidade. Nem a chuva, que tornou a pista destinada à realização do enduro mais difícil, conseguiu atrapalhar a Competição, que premiou, ainda, as equipes em 13 categorias:

Melhor Tração: equipe Car-Kará, da Universidade Federal do Rio Grande do Norte.
Melhores Subida de Rampa, Aceleração e Velocidade Máxima: equipe Poli Kamikase, da Poli/ USP.
Melhores Manobrabilidade/Slalom, Manutenção, Originalidade e Relatório de Custo: equipe FEI Baja 1, da FEI.
Melhor Conforto do Operador: equipe Mauá 2, do Instituto Mauá de Tecnologia.
Melhor Enduro: equipe Demec-09, da UFMG.
Melhor Produção em Massa: equipe Uiraçu, da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).
Melhor Projeto, Qualidade e Relatório de Custos: equipe FEI Baja 2, da FEI.

De acordo com o presidente da SAE BRASIL, Vilmar Fistarol, a competição é um importante palco de descobertas de novos talentos da engenharia automotiva brasileira.




Comentários