Mais turbinas incentivam setor eólico nos Estados Unidos

Fonte: Carbono Brasil - 10/11/07

Novos 4.000MW de capacidade de geração de energia serão instalados nos Estados Unidos até o final de 2007, graças a um maior fornecimento de turbinas, segundo vários participantes do mercado internacional.

A Associação Americana de Energia Eólica (American Wind Energy Association - AWEA), sediada em Washington, previu o total de 4.000 MW, dizendo que o valor quebraria o antigo recorde de 2,454 MW instalados em 2006. Com os projetos de 2007, a capacidade total norte-americana irá exceder 14.000 MW, segundo a AWEA.
 
Cerca de 550 MW dos projetos de 2007 deveriam ter iniciado suas operações em 2006, mas foram atrasados devido a preocupações militares em relação aos efeitos sobre alguns radares, ressaltou a porta-voz da AWEA, Kathy Belyeu. Todos estão liberados para construção em 2007.

“Além disso, um maior fornecimento de turbinas aliviou a falta que havia diminuído o desenvolvimento”, adicionou Belyeu.

As empresas espanholas Acciona e Gamesa agora fabricam as turbinas nos Estados Unidos, enquanto a norte-americana Clipper Windpower expandiu sua produção e a dinamarquesa Vestas está construindo unidades nos Estados Unidos. Outra empresa dinamarquesa, Nordex, vende atualmente turbinas nos EUA, assim como a alemã REpower.

Desenvolvedores de projetos internacionais também estão incentivando a atividade, segundo Belyeu. Incluindo: Acciona, que adquiriu a EcoEnergy, Energias de Portugal, que comprou a Horizon Wind da Goldman Sachs; a espanhola Iberdrola, que adquiriu a PPM Energy com a compra da Scottish Power, além de várias outras empresas menores; e a alemã E.ON que adquiriu a divisão eólica da norte-americana Airtricity's. Além disso, algumas empresas financeiras estão aumentando os investimentos no setor eólico.



Comentários