Empresas preparam novidades em nanotecnologia

Fonte: Gazeta Mercantil - 12/11/7

O Congresso Nanotec Business 2007 que ocorre entre os dias 12 e 13 de novembro em São Paulo, promete novidades no avanço da nanotecnologia no Brasil. A Plásticos Mueller, uma das maiores fabricantes de autopeças do país, apresentará a primeira peça plástica nacional feita com aplicações de nanocompósitos.

Já a Suzano Petroquímica promete novidades como um produto mais resistível ao fogo e nanocompósitos usados em embalagens transparentes com proteção a raios ultravioleta. Além delas, outras empresas como Braskem, Oxiteno, Rhodia, Clariant e Degussa também estarão no evento, gerando a expectativa de que outros lançamentos sejam anunciados.

O avanço das pesquisas feitas por empresas em nanocompósitos é comemorado pela classe científica brasileira, mas é considerado por alguns como um processo tardio. Bastante difundida no exterior, a nanotecnologia já é realidade em indústrias plásticas, eletroeletrônicas e têxteis, entre outras.

A preocupação de empresas e pesquisadores é de que muitos destes produtos batam às portas do País em um prazo inviável para que a indústria nacional consiga desenvolver semelhantes brasileiros. 'Sem um similar nacional, não temos como barrar a entrada destes produtos', alerta o diretor da RJR Eventos (organizadora do evento), Ronaldo Marchese.

Para o professor titular do Instituto de Química da Universidade de São Paulo (USP), Henrique Toma, o custo de importação do Brasil é, hoje, a principal barreira à entrada de produtos estrangeiros criados com nanocompósitos. Esta proteção à indústria local, no entanto, deve ser superada assim que a demanda doméstica garantir o consumo de produtos em maior escala, o que aumentará a competitividade destes itens ante os similares nacionais.

Mais informações pelo site www.nanotecexpo.com.br



Comentários