Americano cria tela sensível a múltiplos toques

Um dos primeiros clientes da Perceptive Pixel foi a Agência Central de Inteligência americana (CIA)

Fonte e foto: Terra - 13/03/07

O pesquisador da Universidade de Nova York, Jefferson Han, durante o evento "Technology, Entertainment, Design" (TED), ocorrido no ano passado, apresentou um avanço na tecnologia touchscreen (telas sensíveis ao toque) denominado tela "multitouch", em que a interatividade não se resume apenas a um toque de dedo, mas de vários dedos, de usuários múltiplos atuando simultaneamente na tela.

As telas sensíveis ao toque foram popularizadas das mais diversas formas, dentre as quais os terminais bancários de auto-atendimento. O sucesso do multitouch foi tamanho que Han abriu a própria empresa neste ramo, a Perceptive Pixel.

Um dos primeiros clientes da Perceptive Pixel foi a Agência Central de Inteligência americana (CIA). Em entrevista à revista Wired, Han comentou a repercussão da apresentação que realizou em 2006 e a forma como a CIA poderia utilizar a nova tecnologia. 

A CIA pretende utilizar a tecnologia no setor de defesa, em alguma área específica que Han não estava autorizado a revelar com mais detalhes. Adiantou apenas que se trata da área de mapeamento, na parte de geo-referenciamento, em que a informação visual é mais facilmente tratada quando pode ser manipulada agilmente numa tela nítida, rápida e dinâmica como a multitouch. A aplicação da tecnologia será feita em imagens de satélite, estatísticas, registro de incidentes e outros eventos ocorridos mundo afora. Para estas finalidades, Han declarou que desenvolve produtos específicos para a CIA.

De acordo com o pesquisador da Microsoft, Bill Buxton, que é uma das principais autoridades na área de desenvolvimento de interfaces humanas, a tecnologia "multitouch" não substituirá o mouse, mas será mais uma ferramenta disponível aos usuários de computadores.




Comentários