Fábrica de aviões é inaugurada no Espírito Santo

Montadora de aviões sul-africana estima produção de 10 aeronaves até 2023.

A empresa Sling Aircraft, de Johannesburg na África do Sul, inaugurou recentemente uma montadora de aviões em Jaguaré, Norte do Espírito Santo. A fábrica contou com um investimento de R$ 10 milhões e a inauguração foi realizada na sede da fábrica, no distrito de Água Limpa.

De acordo com a publicação do ESBRASIL, a empresa é a distribuidora, no território nacional e na América Latina, da The Airplane Factory – TAF, da África do Sul, e possui área de 112 mil metros quadrados, que conta ainda com um aeródromo próprio, área de testes e de montagem, e uma pista para pousos e decolagens.

A montadora irá produzir modelos Sling de dois e quatro lugares, que serão distribuídos no território nacional. A expectativa é que os modelos comecem a ser produzidos ainda em 2022. No entanto, para iniciar a produção, o projeto dos modelos precisa passar pela avaliação da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac).

Produção e geração de empregos

Para 2023, a estimativa de produção é de 10 aeronaves. A cada ano espera-se aumentar a produção em cinco aeronaves. Ao final de três anos, os investidores esperam entregar 20 aviões. 

A empresa sul-africana vai gerar no mínimo 20 postos de trabalho diretos, sendo que algumas vagas são para profissionais que atuam com tecnologia de ponta. Já indiretamente, espera-se a criação de 40 a 60 vagas de trabalho.

Além da geração de empregos, o município vai ser beneficiado com ganhos tributários. Além disso, o intuito da Sling Brasil é ser uma das primeiras a aderir ao programa IBR+, que visa certificar projetos de aeronaves nacionais por meio da desburocratização e modernização da aviação geral.

Diferente da maioria dos outros fabricantes de aeronaves, a companhia da África do Sul produz quase todas as peças. A aeronave é feita quase inteiramente de alumínio, o restante de fibra de carbono ou fibra de vidro, que são fabricadas na oficina de compósitos.




Comentários